terça-feira, 1 de julho de 2008

Vida em família

O duelo como assim é conhecido dentro da face terrena, precisa ser extirpado desde a forma mais tênue, com também a forma mais contínua e evidente diante das criaturas que assim o praticam, e para isso é necessário que esses mesmos espíritos se eduquem, se fortaleçam e analisem a vida de uma outra forma. Quem o pratica tem uma conseqüência natural, que é o de retornar outras e outras vezes, nessa mesma fase terrena, para buscar o equilíbrio que é necessário para que seu espírito progrida.
Assim, a conseqüência natural desta atividade, desta atuação, deste desequilíbrio da alma, é retornar num lar terreno onde possa equilibrar-se um com outro em especial. Assim, é que vemos muitos lares com irmãos e irmãs se digladiando, se comparando, competindo, se agredindo, se irritando e tendo ainda, muitas vezes, conseqüências que poderão ser levadas para muitas e muitas encarnações.
No entanto, pouco a pouco, eles terão que realizar este equilíbrio. Muitos de vocês se depararão com esta situação dentro dos seus próprios lares, onde vemos criaturas que muitas vezes, ainda pequeninos competem uns com os outros, se agridem, levando para muitos anos, quando crescidos, essa antipatia.
Em muitos, vemos que nesta situação em especial, são conseqüências de situações de vidas anteriores, que muitas vezes foram objeto de agressão mútua, de desarmonia, de competições, que foi agora necessário o ressarcimento, o equilíbrio diante da lei. Assim, a misericórdia divina aproveita a oportunidade para aproximar um e outro, e através desta oportunidade, no momento da infância, da adolescência em que esses espíritos estão mais propícios a receberem algum ensinamento, a terem a oportunidade pela convivência de começarem a ter sinal ou sinais de simpatia e de terem também, pelos pais, uma educação adequada, especialmente dentro do ambiente religioso, esta oportunidade de se sentirem um pouco mais felizes e pacificados a ponto de conviverem com alegria um com outro.
No entanto, muitos e muitos se depararão com muitas e muitas lutas. Em muitas ocasiões elas serão carregadas para mais além. A este pai e a esta mãe, a este irmão e a esta irmã que passam por essa situação lembrem-se de que Deus é misericordioso, de que Deus oferece a todos nós a oportunidade do equilíbrio diante da lei, de que Deus nos dá a oportunidade de resgatar nossos débitos através da reencarnação e aproxima a todos esses, para sentirem-se pouco a pouco, como irmãos, como filhos de Deus, com amigos, como pessoas de bem.
O conselho que damos a todos é que busquem dentro deste encontro de vida a oportunidade e o amadurecimento para refletir diante dos acontecimentos que estão à frente de cada um, para poderem aprender a amarem-se, a perdoarem-se, a conviverem um com outro com um pouco mais de alegria, de satisfação e com muito menos desarmonia.
Procurem orar, procurem entender a lei de Deus, procurem fortalecer os seus espíritos tendo um pouco mais de resistência contra os embates e os problemas da vida, para que esses mesmos problemas não sejam depositados, ou sejam mesmo objeto de causa para maiores desentendimentos e para que todos, que vivem dentro desse ambiente que chamamos de lar, possam se sentir unidos, vivos, pacificados e encontrarem nesta oportunidade, uma oportunidade que Deus está oferecendo para conviver uns com os outros e para se sentirem felizes.
Busquem, meus irmãos, se sentirem felizes uns com os outros na convivência diária, para que sintam dentro desta felicidade, a alegria de viver e na convivência dia a dia, possam todos trabalhar em prol não só deste mesmo lar, mas também de todos aqueles que chamamos dentro da nossa ambiência e convivência de amigos.
Que tenham muita paz e busquem dentro da Doutrina Espírita, dentro do entendimento cristão esta facilidade para conviverem uns com os outros, de maneira mais equilibrada, mais pacificada, e que possam dentro deste mesmo lar conduzir a vida de cada um, a vida de relação com muita, muita e muita paz.
Balthazar

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...