sábado, 29 de agosto de 2009

O amor

O amor é essa celeste atração das almas e dos mundos, a potência divina que liga os mundos, governa-os e fecunda-os; o amor, é o olhar de Deus!
Não ornamentem com tal nome a ardente paixão que os desejos carnais atiçam. Esta não é senão uma sombra, um grosseiro plágio do amor. Não, o amor é o sentimento superior no qual se fundem e se harmonizam todas as qualidades do coração; é o coroamento das virtudes humanas, doçura, caridade, bondade; é a eclosão na alma de uma força que nos arrasta acima da matéria, para as alturas divinas, une-nos a todos os seres e desperta em nós felicidades íntimas, que deixam bem distantes todas as volúpias terrestres.
Amar, é sentir-se viver em todos e por todos, é consagra-se até o sacrifício, até a morte, por uma causa ou um ser. Se querem saber o que é amar, considerem os grandes vultos da humanidade e, acima de todos, o Cristo, para quem o amor era a moral e toda religião. Não disse ele: "Amai os vossos inimigos, fazei o bem àqueles que vos perseguem..."?
Por essas palavras, o Cristo não exige de nossa parte um afeto que não pode estar no nosso coração, mas sim, a ausência de qualquer ódio, de qualquer espírito de vingança, uma disposição sincera de ajudar, no momento preciso, àqueles que nos aflingem.

Léon Denis

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Recurso da bondade

Você se encontra mergulhado no rio da imortalidade, do qual não conseguirá evadir-se, seja qual for o meio de que se utilize.
Seja bondoso para com você mesmo, isto é, trabalhe-se, intimamente, a fim de melhor alcançar o porto da serenidade.
A bondade é um guia de segurança para o seu êxito, na viagem da reencarnação.
Aplique a força da bondade no lar, com aqueles que o conhecem, em cuja cinvivência a saturação se hospedou.
Renove os clichês mentais e a conversação na intimidade doméstica, exteriorizando os recursos da bondade que modificará o clima vingente.
Você pode mudar de companhia e de lugar; todavia, se não processar a transformação íntima através da bondade que jaz latente em você, haverá somente uma fuga para lugar nenhum.
Adote a bondade para com as crianças, que o imitarão, produzindo renovação na sociedade do futuro, na qual se movimentarão.
Atenda com bondade os mais idosos, que dispõem de pouco tempo no corpo e necessitam de estímulos para chegarem, felizes, à meta que lhes está próxima.
Retribua com bondade e estima dos amigos que o cercam.
Ninguém pode permanecer afeiçoando-se, caso não receba de outro a resposta da bondade.
Devolva aos adversários o petardo deles transformado em ação de bondade.
Não há inimizade que suporte por muito tempo a bondade de sua vítima.
Há muita falta de bondade na Terra.
Bondade no pensar, para bem falar e melhor agir.
A bondade é moeda escassa nos depósitos de muitos sentimentos.
Com ela, você vadeará em segurança o rio da imortalidade, pois que lhe dará paciência para compreender a vida e a sua finalidade, ensejando-lhe valor para viver.

Marco Prisco

A quem obedeces?

"E, sendo ele consumado, veio a ser a causa da eterna sauvação para todos os que lhe obedecem." - Paulo (Hebreus, 5:9)
Toda criatura obedece a alguém ou a alguma coisa.
Ninguém permanece sem objetivo.
A própria rebeldia está submetida às forças corretoras da vida.
O homem obedece a toda hora. Entretanto, se ainda não pôde definir a própria submissão por virtude construtiva, é que, não raro, atende, antes de tudo, aos impulsos baixos da natureza, resistindo ao serviço de autoelevação.
Quase sempre transforma a obediência que o salva em escravidão que o condena. O Senhor estabeleceu as gradações do caminho, instituiu a lei do próprio esforço, na aquisição dos supremos valores da vida, e determinou que o homem lhe aceitasse os desígnios para ser verdadeiramente livre, mas a criatura preferiu atender à sua condição de inferioridade e organizou o cativeiro. O discípulo necessita examinar atentamente o campo em que desenvolve a própria tarefa.
A quem obedeces? Acaso, atendes, em primeiro lugar, às vaidades humanas ou às opniões alheias, antes de observares o conselho do Mestre Divino?
É justo refletir sempre, quanto a isso, porque somente quando atendemos, em tudo, aos ensinamentos vivos de Jesus, é que podemos quebrar a escravidão do mundo em favor da libertação eterna.

Emmanuel

Oremos agindo

Vigiai e orai para que não entreis em tentação... Jesus (Marcos, 14:38 )
diante da prova, orar, envidando meios de transformá-la em experiência benéfica.
Diante da penúria, orar, desenvolvendo serviço que a desfaça.
Diante da ignorância, orar, acendendo a luz que lhe dissipe a sombra.
Diante da enfermidade, orar, procurando medicação que lhe afaste os prejuízos.
Diante do desastre, orar, empreendendo ações que lhe anulem os efeitos.
Diante da dificuldade, orar, aproveitando a lição dos obstáculos de modo a evitá-los futuramentes.
diante do sofrimento, orar, construindo caminhos para a devida libertação.
Diante da discórdia, orar, edificando recursos para o estabelecimento da paz.
Orar sempre, mas agir cada vez mais para que se realize melhor.
Disse-nos o Senhor: Vigiai e orai para que não entreis em tentação...e, realmente, acima de tudo vigiam e oram aqueles que ativamente se esforçam para que, em tudo, se faça o bem que nos cabe fazer.

Emmanuel

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...