quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Humildade, a marca do Cristo

Uma das virtudes que devem conduzir a atitude do homem perante a sociedade é a humildade. Quando se fala em humildade, habitualmente se pensa num ser de cabeça baixa, de gestos pequenos e atitudes de aceitação passiva. Em verdade, o sentimento de humildade caracteriza o ser que é forte e que, por isso mesmo, não se envergonha de dobrar-se diante do mais forte e elevado espiritualmente, ou diante de circunstâncias em que não possa interferir. Outra característica do ser humilde é a certeza absoluta de que seu ato tem a sanção dada pelo próprio Cristo. - E não nos esqueçamos de que o Cristo é aquele Mestre que nos ensinou a medida do sim, sim ou não e não.

O espírita, em suas atividades, constantemente é convocado ao exercício da humildade. Trabalhador do bem, deve trazer em seu espírito as marcas do Cristo. E, por saber quais são essas marcas, as adotará nos seus atos, nos seus pensamentos, nas suas atividades. Por trazer a característica cristã, falará aos que estão ao seu lado conforme a orientação do Cristo(...)

O Cristo nos ensinou, quando se dirigiu ao jovem, em sua passagem histórica pela Palestina: "Fazei tudo o que a Lei de Deus mandar, e sereis abençoado."

Meus irmãos, o dia a dia do homem está pedindo que sejamos bons, humanos, trabalhadores, mas fiéis a Deus. O que vemos na sociedade, nos dias de hoje, com tantas quedas morais, é o resultado da falta de confiança em Deus e, também, da falta de determinação do homem em seguir os ditames da Doutrina Cristã, na sua vida diária.

É necessário que a sociedade se transforme, dizem todo; mas como essa sociedade se transformará, se nós mesmos fazemos concessões ao orgulho, à impertinência, ao desalento, à má vontade, à indolência, quando não ao desequilíbrio?

Meus caros amigos, aprendamos com Jesus como agir no cotidiano; sigamos sua orientação e não nos esqueçamos jamais de que, na medida em que formos agindo no bem, a caridade será uma marca tão característica de nossas almas, que estaremos sendo humildes, porque somos do Cristo, porque compreendemos, e como ele agimos(...)

Façamos isso, meus irmãos, e sigamos, sempre atentamente olhando para o futuro, olhando para Deus, sem medo de errar, na medida em que vamos compreendendo que ser humilde é ser do Cristo.

Que Deus nos ajude, nos abençoe e nos dê sua bendita paz!


Autor: Balthazar
Do livro: Pela graça infinita de Deus - Vol. 1

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...