sexta-feira, 19 de abril de 2013

Certeza...


Certeza
Certeza

Eu tenho certeza.

Tenho a certeza de Moisés lá no Sinai...

De Elias e João Batista ante os ais...

De Kardec dissecando as Leis Morais...







Eu tenho certeza.

Tenho a certeza de que Deus lá das Alturas,

Com Jesus, contemplou as criaturas

Com a Cruz e com a Luz de um novo Norte...




Eu tenho certeza.

Tenho a certeza de que um Oásis se abriu

Entre as páginas que a dezoito de abril

Veio a lume e, eterno, se reflete...


E a Humanidade, emancipada, então se viu

Naquele ano de 1857...


Sim, eu tenho certeza.

Tenho a certeza de que nova Alvorada

À Humanidade então surgiu alcandorada

Em Verdade, em Amor, em Redenção...


Eu tenho certeza.

Tenho a certeza de que a morte é um quase nada...

É a Vida que se esconde, disfarçada

Ignorância da Lei Reencarnação...


Eu tenho certeza.

Tenho certeza que da Gênese ao Evangelho

A Verdade reproduz-se num espelho

De Água Viva, lucífera e intensa...


Eu tenho certeza.

Tenho a certeza de que a obra realizada

Por cada um, de per si, na mesma estrada

É a única e melhor das recompensas...


Eu tenho certeza.

Tenho a certeza que a Verdade revelada:

Filosofia, Religião e Ciência

Não é uma Doutrina interpolada.

É a Doutrina que liberta consciências...


Sim, eu tenho certeza.

Tenho a certeza de que Deus é o Bem maior

Que se revela na janela Natureza;

Causa primeira e última de tudo

A espraiar-Se em Amor e em Pureza!...


Eu tenho certeza.

Tenho a certeza que Deus fez-me à semelhança

E à Sua imagem para dar-me a esperança

E esta certeza de que eu sou imortal...


Sim, eu tenho certeza.

Tenho a certeza de Moisés lá no Sinai...

De Elias e João Batista ante os ais...

De Kardec dissecando as Leis Morais...



Autor: Gerson Nunes Praça
Obs.:  (156 anos de “O Livro dos Espíritos)

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...