domingo, 15 de setembro de 2013

Mediunidade enferma

Mediunidade enferma
Mediunidade enferma
Como existem milhares de canais d’água poluídos, existe um sem-número de canais mediúnicos enfermos.

Infelizmente, em muitos medianeiros a mediunidade coexiste com a obsessão!...

A mediunidade é uma faculdade psíquica que necessita de tratamento. Na maioria dos médiuns, surge em meio a grandes perturbações...

Se não exercer a vigilância sobre si mesmo, o sensitivo encarnado estará sempre sujeito às sugestões das trevas, dos espíritos que, por exemplo, desejam utilizá-lo na satisfação de suas paixões. Por isto, observamos tantos medianeiros se comprometendo no campo da sexualidade exacerbada ou da ambição desmedida.

O médium é médium de alma e corpo inteiro!... Mesmo não se predispondo ao transe, ele capta, por todos os poros, as influências benéficas e negativas que o rodeiam. É claro que, se não se mantiver atento, a sua predisposição para o que é de caráter negativo será maior... Na maioria dos homens a indução mental para o mal oferece resultados mais imediatos. Por falta de hábito, a criatura encarnada demora a consentir na sua indução mental para o bem.


O tempo todo, o medianeiro carecerá de exercer vigilância sobre si mesmo!

Se, na teoria, a sintonia com os espíritos elevados é mais fácil de se conseguir, na prática, infelizmente, não é
o que se observa. Estabelecer sintonia é uma coisa, sustentá-la é outra. Muitos medianeiros não apresentam dificuldades para estabelecer sintonia com os espíritos sintonizados com o Bem, no entanto, não conseguem sustentá-la por um tempo mais longo. (...)

Na tarefa em que se devota na casa espírita, todo médium deve se considerar em tratamento. A chamada reunião de desobsessão, primeiro é desobsessão para os seus próprios integrantes, que ali permanecem numa espécie de terapia de grupo sob a égide do Evangelho.

A mediunidade escoimada de toda e qualquer influência negativa é fruto do trabalho perseverante, do estudo
constante, da disciplina cotidiana e, sobretudo, da sinceridade das intenções do medianeiro.

Ser médium não é difícil: todos o são, em potencial, e poderão sê-lo, efetivamente; difícil é ser médium com
Jesus e não se arredar do cumprimento do dever, principalmente quando tudo esteja a conspirar contra o seu entusiasmo e idealismo.

Que o médium não se julgue uma obra acabada... Quando lhe desabrocham as faculdades psíquicas, é que
verdadeiramente começa para ele a necessidade de aperfeiçoar-se, no que deverá se empenhar até o final de seus dias sobre a Terra!...




Autor: Odilon Fernandes
Do Livro: Conversando com os Médiuns

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...