quarta-feira, 1 de abril de 2015

A Vida Moral

A Vida Moral
A Vida Moral
O espírito encontra em todos os lugares o que ele próprio se fez. Se viola a lei moral, entenebrece sua consciência e suas faculdades; materializa-se, acorrenta-se com suas próprias mãos. Praticando a lei do bem, dominando as paixões brutais, alivia-se e aproxima-se cada vez mais dos mundos felizes.

Encarada sob esses aspectos, a vida moral impõe-se como uma obrigação rigorosa a todos aqueles que têm algum cuidado com seus destinos: donde a necessidade de uma higiene da alma, que se aplique a todos os nossos atos, mantendo nossas forças espirituais em estado de equilíbrio e de harmonia. Se convém submeter o corpo, envoltório mor tal, instrumento perecível, às prescrições da lei física que assegura sua manutenção e seu funcionamento, importa muito mais ainda velar pelo aperfeiçoamento da alma, que é nosso Eu imperecível e ao qual está vinculada nossa sorte futura. O Espiritismo nos fornece os elementos para essa higiene da alma.

O conhecimento do objetivo real da existência tem consequências incalculáveis para o melhoramento e
elevação do homem. Saber para onde vai tem como resultado imediato fortalecer seus passos, imprimir aos seus atos uma impulsão vigorosa em direção ao ideal concebido. (...)

Feliz do homem que, nessa vida cheia de obscuridade e de armadilhas, caminha constantemente em direção ao objetivo elevado que discerne, conhece, do qual está certo! Feliz daquele que um sopro do Alto inspira suas obras e leva-o adiante. Os prazeres deixam-no indiferente; as tentações da carne, as miragens enganosas da fortuna não têm mais domínio sobre ele. Viajor em marcha, o objetivo o chama; ele se precipita para atingi-lo.



Autor: Léon Denis
Do livro: Depois da Morte.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...