segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Para os Médiuns

Para os Médiuns
Para os Médiuns
O médium, que deseja continuar a receber a assistência dos bons espíritos, deve trabalhar para o seu próprio aperfeiçoamento; aquele que quer ver a sua faculdade crescer e se desenvolver deve evoluir moralmente, e abster-se de tudo o que poderia afastá-la do seu objetivo providencial.

Se os bons espíritos algumas vezes se utilizam de instrumentos imperfeitos, é para lhes dar bons conselhos e tratar de encaminhá-los para o bem; mas se eles encontram corações endurecidos, e se os seus conselhos não são escutados, eles se retiram, e os maus têm então o caminho livre. (Ver cap. XXIV, itens 11 e 12.)

A experiência prova que, entre aqueles que não tiram bom proveito dos conselhos que recebem dos espíritos, as comunicações, depois de terem algum brilho durante certo tempo, pouco a pouco vão se degenerando, e acabam caindo em erros, nas palavras vazias ou no ridículo, sinal evidente do afastamento dos bons espíritos.

domingo, 29 de novembro de 2015

O Pensamento

 O Pensamento
 O Pensamento
É bom viver em contato, pelo pensamento, com os escritores de gênio, com os autores verdadeiramente grandes de todos os tempos e de todos os países, lendo, meditando sobre suas obras, impregnando todo nosso ser com a substância de sua alma. As irradiações de seus pensamentos despertarão em nós efeitos semelhantes e produzirão, paulatinamente, modificações de nosso caráter, pela própria natureza das impressões experimentadas.

Precisamos escolher cuidadosamente nossas leituras, depois, amadurecê-las em nós e assimilar-lhes a quintessência. Em geral, lê-se muito, lê-se rapidamente e não se medita. Seria preferível ler menos e refletir mais sobre o que se leu. É um meio seguro de fortificar nossa inteligência, de colher os frutos de sabedoria e beleza que nossas leituras podem conter. Nisto, como em tudo, o belo atrai e gera o belo, assim como a bondade atrai a felicidade e o mal, o sofrimento.

sábado, 28 de novembro de 2015

Vingança

Vingança
Vinga-te da ignorância, instruindo-a sem alarde e sem pretensão.

Retribui ao que te persegue com a prece do amor que compreende e auxilia sempre.

*

Responde ao mal com o bem.

Vinga-te das trevas, acendendo a verdadeira luz.

Retribui a maldição com a bênção.

Responde à preguiça com o trabalho.

Auxilia ao que te prejudica.

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Instrumentos da Obsessão

Instrumentos da Obsessão
Instrumentos da Obsessão
Filhos, não vos esqueçais de que, sem vigilância, vós mesmos podereis vos transformar em instrumentos de perturbação espiritual uns para os outros. Os espíritos obsessores, interessados em minar-vos a resistência moral, além de assediar-vos diretamente, assediam-vos indiretamente através daqueles que não supõem estar lhes servindo de intermediários para vos subtrair a paz.

A obsessão, quase sempre, é construída sobre o medo e sobre a falta de confiança que a sua vítima demonstra com referência à bondade de Deus, que não relega ninguém ao abandono. Os vossos adversários invisíveis se esmeram na técnica de vos induzir ao desequilíbrio, chegando, inclusive, a vos suscitar ideias renitentes de doenças que vos atemorizam e vos implantando na mente pensamentos nocivos que passais a acalentar diuturnamente. Inspirando pessoas que convivem convosco, algumas mais íntimas, outras não, colocam-lhes palavras-chaves nos lábios –, palavras que se lhes transformam em pontos de sintonia mental, para a perseguição sem trégua com que os vossos desafetos do pretérito pretendem vos levar à loucura ou a atitudes de extremo desespero.

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Inimigo Real

Inimigo Real
Inimigo Real
Geralmente, todos os nossos adversários, no fundo, são nossos instrutores. 

À maneira do martelo que, tangendo a pedra, acaba aperfeiçoando-lhe a beleza, aquele que se coloca em oposição à nossa maneira de crer, sentir ou pensar, frequentemente é fator de estímulo à elevação de nossos dotes pessoais. 

O invejoso, invariavelmente, ensina-nos a prudência, o despeitado nos induz ao aprimoramento próprio. 

O caluniador nos auxilia a marchar no caminho reto e o perseguidor gratuito nos auxilia a perseverar no bem. 

Assim, então, se um inimigo poderoso devemos identificar junto de nós, na estrada do mundo – inimigo que nos arma as piores ciladas e nos constrange a cair nas mais escuras armadilhas do remorso e da dor – esse é o nosso próprio eu, adversário terrível de nossa verdadeira felicidade, sempre imantado à concha de sombras em que se refugia sob as paredes da indiferença. 

Combatamos a nós mesmos cada dia, em nome do bem que abraçamos. 

Não vale afirmar sem exemplo nem sonhar sem trabalho. 

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Frutos do Espiritismo

Frutos do Espiritismo
Frutos do Espiritismo
O novo Espiritualismo, apoiado na Ciência, nos traz essa concepção, essa revelação na qual se fundem e revivem, sob formas mais simples e mais elevadas, as grandes concepções do passado, os ensinamentos dos messias enviados pelo Céu à Terra. E aí estará um novo elemento de vida e de regeneração para todas as religiões do globo.

Qualquer crença deve ser apoia da pelos fatos. Às manifestações das almas libertas da carne, e não a textos obscuros e envelhecidos, que é preciso pedir o segredo das leis que regem a vida futura e a ascensão dos seres.

As religiões do futuro terão como base, a comunhão dos vivos com os mortos; o ensino mútuo das duas humanidades. Apesar das dificuldades que a comunicação com o invisível ainda apresenta — e é provável que elas se aplainem com a experiência dos tempos — pode-se ver, desde agora, que há aí uma base, diferentemente ampla do que todas aquelas em que se apoia a ideia religiosa. Será um dos maiores méritos do Espiritismo o de tê-la proporcionado ao mundo. Dessa forma ele terá preparado, facilitado a unidade religiosa e moral. A solidariedade que une os vivos da Terra àqueles do Céu se estenderá, pouco a pouco, a todos os habitantes do nosso globo, e todos comungarão, um dia, na mesma crença, num mesmo ideal realizado.

sábado, 21 de novembro de 2015

Exame

Exame
Exame
“Não basta crer; é preciso, sobretudo, dar exemplos de bondade, de tolerância e de desinteresse, sem o que estéril será a vossa fé.” – Santo Agostinho. O Livro dos Médiuns, 2a parte, cap. XXXI, item 1.

Aprofundar a mente na investigação minuciosa das deficiências alheias, mesmo com o propósito aparente de ajudar, seria como derramar precioso bálsamo sobre pântano infeliz com a intenção de saneá-lo ou jogar ácido cruel sobre feridas que demoram a cicatrizar com o pretexto de eliminar o foco infeccioso...

Não convertas a tua caridade mental em sombras densas para que não tropeces em escolhos.

Podes movimentar o tesouro psíquico para reorganizar o equilíbrio sem o impositivo de ampliar a infelicidade, tornando-a conhecida.

Não transformes a visão em instrumento de observação impiedosa. Nem movimentes o verbo como quem aciona látego cortante, desencadeando sofrimento.

Exalta a oportunidade de cultivar a esperança.

Difunde a excelência do otimismo.

Distende a alegria junto àqueles que a tristeza venceu.

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Esclarecer

Esclarecer
Esclarecer
Sem a pretensão jactanciosa de tudo saberes ou tudo explicares, possuis, no entanto, conhecimentos que hauriste na Doutrina Espírita, mediante os quais podes esclarecer:

Que Deus é justo, conforme constatas na superior “lei da reencarnação”, da qual, infrator algum conseguirá eximir-se, exceto quando liberado pelos próprios feitos.

Que o triunfo da Imortalidade sobre a transitória putrescividade da vida física é indubitável, graças aos eloquentes testemunhos da vitória da vida sobre a morte, de que dão substanciais e incontroversas provas os espíritos redivivos.

Que pululam os departamentos da “Casa do Pai”, no Universo, de que a atual ciência astronômica já pressupõe a realidade, não obstante essas vidas escapem aos bitolados talões da humana conceituação.

Que só o Amor é eterno e real, desde que as expressões que dimanam do instinto revelam a primitividade da vida espiritual do homem, que, no entanto, a pouco e pouco ascende e, em se acrisolando no sofrimento, se depura e redime.

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Em torno do Sexo

Em torno do Sexo
Em torno do Sexo
Pergunta – O Espírito que animou o corpo de um homem pode animar o de uma mulher, numa nova existência, e vice-versa?

Resposta – Sim, pois são os mesmos os Espíritos que animam os homens e as mulheres. Item 201 de O Livro dos Espíritos.

Ante os problemas do sexo, é forçoso lembrar que toda criatura traz os seus temas particulares, com referência ao assunto.

Atendendo à soma das qualidades adquiridas, na fieira das próprias reencarnações, o Espírito se revela, no plano físico, pelas tendências que registra nos recessos do ser, tipificando-se na condição de homem ou de mulher, conforme as tarefas que lhe cabe realizar.

domingo, 15 de novembro de 2015

Doutrina Consoladora

Doutrina Consoladora
Doutrina Consoladora
Assim, o Espiritismo proporciona o que Jesus disse sobre o consolador prometido: conhecimento dos fatos(...) retorno aos verdadeiros princípios da Lei de Deus, e consolação pela fé e pela esperança. (Allan Kardec. O Evangelho Segundo o Espiritismo, cap. VI, item 4, último parágrafo.)

O homem é um ser progressista… Progredir é sua missão na Terra, é seu maior dever. (Léon Denis. O Progresso, cap. I.)

Conforta-nos saber que esta Instituição mantém o trabalho evocativo dos mortos. Eles estão presentes, sempre, nunca ausentes de todos os que lhes buscam a mensagem de apoio e paz.

Já Allan Kardec ensinava que a vida continua, na conceituação firme do fato e na clara evidência da comunicação.

Na Doutrina Espírita há dois conceitos elucidativos: o da sobrevivência da alma e o da comunicação dos espíritos.

Qual é a religião que traz esta mensagem segura e eivada de exemplos? Qual é a que traz a certeza da sobrevivência, a certeza de que a comunicação é possível?

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Dentro do Lar

Dentro do Lar
Dentro do Lar
Famílias-problemas!...

Irmãos que se antagonizam...

Cônjuges em lamentáveis litígios...

Animosidades entre filho e pai, farpas de ódios entre filha e mãe...

Afetos conjugais que se desmantelam em caudais de torvas acrimônias...

Sorrisos filiais que se transfiguram em rictos de idiossincrasias e vinditas...

Tempestades verbais em discussões extemporâneas...

Agressões infelizes de consequências fatais...

Tragédias nas paredes estreitas da família...

Enfermidades rigorosas sob látegos de impiedosa maldade...

Mãos encanecidas sob tormentos de filhos dominados por ódios inomináveis.

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Conjunto

Conjunto
Conjunto
“Pai, aqueles que me deste quero que, onde eu estiver, também eles estejam comigo (...)” Jesus – João, 17:24.

“Arme-se a vossa falange de decisão e coragem! Mãos à obra! O arado está pronto; a terra espera; arai!” (Cap. XX, item 40 – O Livro dos Médiuns.)


Num templo espírita-cristão, é razoável anotar que todo trabalho é ação de conjunto.

Cada companheiro é indicado à tarefa precisa; cada qual assume a feição de peça particular na engrenagem do serviço, sem cuja cooperação os mecanismos do bem não funcionam em harmonia.

Indispensável apagar-nos pelo brilho da obra.

Na aplicação da eletricidade, congregam-se implementos diversos, mas interessa, acima de tudo, a produção da força, e, no aproveitamento da força, a grande usina é um espetáculo de grandeza, mas não desenvolve todo o concurso de que é suscetível, sem a tomada simples.

Necessário, assim, saibamos reconhecer por nós mesmos o que seja essencial a fazer pelo rendimento digno da atividade geral.

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Compartilhar para Crescer

Compartilhar para Crescer
Compartilhar para Crescer
“A união faz a força; sede unidos para serdes fortes (...). Para chegardes a isso, é preciso que uma indulgência e uma benevolência recíprocas presidam vossas relações (...), que a tocha da santa amizade reúna, ilumine e aqueça vossos corações.” (Allan Kardec. O Livro dos Médiuns, cap. XXXI, dissertação XX. Celd. 2010.)

Que o amor único de Deus inspire todas as almas para o bem!

(...) Para construir-se uma casa espírita, além das paredes de barro e tijolo propriamente ditas, precisa-se igualmente de um esforço enorme por parte de todos, que permitirá, afinal, a união dos seres, dos objetivos principais da instituição.

Desenvolver, portanto, a capacidade de aglutinar; criar condições para a união das pessoas; multiplicar sentimentos voltados para a assistência, pode-se dizer que seja essa a tarefa dos que dirigem a casa, tarefa que precisa encontrar nas pessoas a boa vontade, o sentimento, o desejo de crescer, para merecer de Deus o seu amparo.

sábado, 7 de novembro de 2015

Caminho Alto

Caminho Alto
Caminho Alto
Além da morte, as alegrias são fulgurações crescentes do espírito, na liberação das forças emotivas que se descartaram da matéria mais densa, entretanto, no mesmo princípio, as dores da consciência atingem o superativo da angústia.

À vista disso, o remorso em nós é qual fulcro de agonias morais reavivando a lembrança dos nossos erros, com espantoso poder de repetição.

Carregamos, desse modo, além-túmulo, o fardo de nossas culpas, a exibir constantemente o espetáculo das próprias fraquezas, e imploramos a reencarnação como quem sabe que o corpo físico é o instrumento capaz de reabilitar-nos.

Nessas circunstâncias, não poupamos súplicas, não regateamos promessas, não medimos votos, não subestimamos sacrifícios...

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Acharás

Acharás
Acharás
Procuras a bênção da paz.

Aprenderás, assim, a trilhar a senda para semelhante aquisição.

Caminharás servindo.

Transporás com paciência os obstáculos que se te oponham à marcha.

Reconhecerás sempre que a prática do bem é a bússola indispensável à sua orientação.

Acolherás por instrutores os companheiros de experiência que se te fizeram adversários.

Retirarás da crítica as parcelas de proveito a ti mesmo, como quem colhe rosas no ramo que as produz, sem que os espinhos te impressionem.

Tomarás do repouso apenas a dose de tempo que se te faça precisa ao refazimento, sustentando-te no trabalho, sem cogitar de fadiga ou de exaustão.

terça-feira, 3 de novembro de 2015

A Disciplina do Pensamento e a Reforma do Caráter

A Disciplina do Pensamento e a Reforma do Caráter
A Disciplina do Pensamento e a Reforma do Caráter
Para dar ao pensamento toda sua força e sua amplitude, nada é mais eficaz que a pesquisa dos grandes problemas. Para bem exprimir, é preciso sentir intensamente; para apreciar as sensações elevadas e profundas, é necessário remontar à fonte de onde se originam toda vida, toda harmonia, toda beleza.

O que há de nobre e de elevado, no domínio da inteligência, emana de uma causa eterna, viva e pensante. Quanto maior é a impulsão do pensamento em direção a esta causa, mais alto ele paira, mais radiosas são, também, as claridades entrevistas, mais inebriantes as alegrias sentidas, mais poderosas as forças adquiridas, mais geniais as inspirações! Depois de cada voo, o pensamento retorna, vivificado, esclarecido, ao campo terrestre, para retomar a tarefa, através da qual continuará crescendo, pois é o trabalho que faz a inteligência, como é a inteligência que faz a beleza, o esplendor da obra concluída.

domingo, 1 de novembro de 2015

A Consciência, o Sentido Íntimo

A Consciência, o Sentido Íntimo
A Consciência, o Sentido Íntimo
Liga-se a alma, em suas profundezas, à grande Alma universal e eterna, da qual ela é uma espécie de vibração. Esta origem, esta participação na natureza divina explicam as necessidades irresistíveis do espírito evoluído: necessidade de infinito, de justiça, de luz, necessidade de sondar todos os mistérios, de saciar a sede nas fontes vivas e inesgotáveis cuja existência ele pressente, mas não chega a descobrir, no plano de suas vidas terrestres.

Daí, provêm nossas mais altas aspirações, nosso desejo de saber, jamais satisfeito, nosso sentimento do Belo e do Bem; daí, os súbitos lampejos que iluminam, de vez em quando, as trevas da existência, e aqueles pressentimentos, aquela previsão do futuro, clarões fugidios no abismo do tempo, que, às vezes, se acendem para algumas inteligências.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...