terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Condições de Experimentação

Condições de Experimentação
Condições de Experimentação
O estudo dos fenômenos é de uma importância capital; é sobre ele que repousa o Espiritismo inteiro, mas, com muita frequência, a ausência de método, a falta de continuidade e de direção nas experiências tornam estéreis a boa vontade dos médiuns e as legítimas aspirações dos pesquisadores. A essas causas é que é preciso atribuir os resultados pouco concludentes que se obtêm em tantos meios. Experimentam ao acaso, febrilmente, sem preocupação com as condições necessárias; têm-se pressa de obter fenômenos transcendentes. Em consequência mesmo do estado de espírito com que se conduzem nas pesquisas, acumulam as dificuldades e se, ao final de algumas sessões, apenas se obtêm fatos insignificantes, banalidades ou mistificações, desencorajam-se e se afastam.


Se, ao contrário, resultados satisfatórios se produzem, frequentemente fazem nascer, com um entusiasmo irrefletido, uma tendência deplorável à credulidade, uma disposição para atribuir aos espíritos dos defuntos todos os fenômenos obtidos. Em caso semelhante, as decepções não se fazem esperar, e essas decepções são necessárias, pois elas restabelecem a dúvida e, com ela, o equilíbrio mental, o sentido crítico indispensável em qualquer estudo experimental e, mais do que em qualquer outro, nesse domínio das pesquisas psíquicas, em que a sugestão, o inconsciente e a fraude podem misturar-se a cada passo às manifestações do mundo invisível.



Autor: Léon Denis
Do livro: No Invisível.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...