segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Perispírito

Perispírito
Perispírito
O perispírito ou corpo espiritual é criação de Deus como todas as outras criações e tem a função específica de servir de elemento intermediário entre dois níveis ou dois planos de evolução: o espírito e o corpo. Quando ele é criado, é criado exatamente para ser o elemento intermediário; não há outra função para ele. A inteligência, (ou espírito) por si mesma, tem uma tal potencialidade que a matéria não consegue perceber, sendo necessário esse elemento intermediário, principalmente a matéria dos mundos menos evoluídos ante a bruteza, a característica de ferocidade que a matéria dá. Essa bruteza, essa inferioridade é incompatível com o nível de um espírito, por mais grosseiro que ele ainda seja. Não esqueça que grosseiro não é o espírito, o espírito, quando inferior, é um ser ainda não lapidado, mas a sua essência é pura; entendam bem: a essência do espírito é pura. O espírito, quando não lapidado, é um ser que vocês podem chamar de grosseiro no sentido moral, mas, se pudéssemos usar um termo que não é adequado, poderíamos dizer que o espírito, como matéria, não é grosseiro, porque ele é uma essência, é um fato superior. O desenvolvimento moral vai dando ao espírito aspectos que o adornam: serenidade, compaixão, amor, tolerância; são adornos de uma inteligência, conquistas de uma inteligência; mas aquela inteligência, em si, ela é pura, é superior, mesmo em um estado sem esses adornos todos, ele é superior, o perispírito é superior a qualquer matéria.

O perispírito é, portanto, um elemento criado pelas potestades, justamente para ser o elemento que serve de ligação entre esses dois níveis de existência. Você pergunta se a memória está no perispírito? Não, a memória está no espírito, assim como a inteligência está no espírito. O perispírito guarda lembranças inequívocas que se diluem nos séculos, do mesmo modo que a inteligência material guarda lembranças da infância que surgem num determinado momento, mas a essência e a memória estão no espírito. Por isso, quando se passa de um mundo para outro, o espírito leva consigo o que ele é, ou seja, a sua memória, ou resultado da sua experiência.

Quanto à ligação do perispírito no corpo, ela é feita em vários pontos do cérebro até a região do vago-simpático, na coluna, ou na região do sistema nervoso; são vários os pontos em que vão sendo “costurados” no corpo em formação, pontos de fixação da matéria, a princípio, por condução de espíritos encarregados do nascimento dos corpos e depois pelo chamado automatismo biológico, e, novamente, pelos espíritos encarregados da construção de corpos naqueles espíritos que saem da atividade comum, da vida comum e merecem já um corpo extremamente estabilizado para poder atuar. Então, vocês têm 3 fases: nos corpos primitivos, são os benfeitores que promovem a fixação do corpo espiritual no corpo material; à proporção que aquela ida e vinda do espírito, no corpo, promove o chamado automatismo biológico, isso já é feito de modo material; torna-se promovido pelos espíritos à medida que reencarnam seres especiais.



Autor: Balthazar
Do livro: Instruções dos Espíritos, vol. 2.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...