sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Programa de Autoiluminação

Programa de Autoiluminação
Programa de Autoiluminação
Assume o compromisso do autoburilamento espiritual e não tergiverses no empreendimento.

Lutarás contra fatores vigorosos de natureza interna, que parecerão conspirar, impedindo-te a promoção dos valores relevantes.

Defrontarás empeços que se avolumarão, dificultando-te a marcha.

Surpreenderás sutis convites e fortes imposições incitando-te à desistência.

Crescerão problemas desafiadores, exaurindo-te os esforços de perseverança, numa conspiração em favor da tua deserção.

Incitar-te-ão ao desânimo e repontarão acusações ferinas em rude agressividade contra os teus propósitos de enobrecimento.

Enquanto não abandonaste a craveira comum dos que se encontravam aturdidos na horizontal dos enganos, não chamavas a atenção.

Nas circunstâncias comuns, confundias-te com a turba iludida quanto às finalidades superiores da vida.

Sentias-te inútil e, de certo modo, não produzias no bem nem para o bem.

Somavas desaires a angústias, longe de qualquer propósito de renovação. Não despertavas nenhum outro interesse, não eras valioso.

A balbúrdia produz comoção pela própria atroada que propicia.

A vivência da virtude, no excelente conteúdo do sentimento cristão, passa ignorada a princípio, não raro, depois, combatida.

Exige-se dela e de quem a busca viver o que se não pretende oferecer, levantando-se barreiras impeditivas à sua realização e provocam-se aranzéis com que se supõem dificultar-lhe a promoção.

Sem alarde, sem deperecimento insiste no programa abraçando em torno da tua iluminação interior.

Se não fores compreendido, persevera; se sofreres coerção, insiste;

Se experimentares perseguição, porfia;

Se receberes agressão, avança.

Seja qual for a ocorrência negativa, aceita-a como incitamento à perseverança com que te libertarás das mazelas que te jugulam à inferioridade e das escamas que te sombreiam a claridade visual, melhor discernindo, a partir de então, e realizando sob a inspiração e direção de Jesus, que é o “modelo e Guia” de todos nós, que nos espera, paciente, a vitória sobre “a natureza animal” em plenitude de “natureza espiritual”.



Autora: Joanna de Ângelis
Do livro: Oferenda.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...