sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Disciplina do Pensamento e Reforma do Caráter

Disciplina do Pensamento e Reforma do Caráter
Disciplina do Pensamento e Reforma do Caráter
Enfim, é preciso saber suportar todas as coisas com paciência e serenidade. Quaisquer que sejam os procedimentos de nossos semelhantes, com relação a nós, não devemos nutrir, contra eles, animosidade alguma, ressentimento algum, mas, ao contrário, fazer com que todas as causas de aborrecimento ou de aflição sirvam à nossa própria educação moral. Nada poderia nos atingir, se, em nossas vidas anteriores e culposas, não tivéssemos dado margem à adversidade. Eis o que precisamos nos dizer continuamente. Assim, conseguiremos aceitar, sem amargura, todas as provas, considerando-as como uma reparação do passado ou como um meio de aperfeiçoamento.

De degrau em degrau, atingiremos, assim, esta paz de espírito, este domínio de nós mesmos, esta confiança absoluta no porvir, que dão a força, a quietude, a satisfação íntima e permitem que nos mantenhamos firmes, em meio às mais duras vicissitudes.

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Roteiro Seguro

Roteiro Seguro
Roteiro Seguro
Meus irmãos,

Os espíritos aqui presentes pedem que se fale, em nome de todos eles, sobre a divulgação de O Evangelho Segundo o Espiritismo, cujo aniversário de lançamento ocorre neste mês de abril.

Para nós, do mundo espiritual, estudar este livro é o mesmo que nos prepararmos para a convivência com os espíritos que sofrem, ao mesmo tempo que pretendem encaminhar-se para as lutas reencarnatórias.

A vida, complexa para quase todos os homens, pede um roteiro, um rumo, para que aqueles que sofrem, seguindo-o, encontrem o melhor caminho na direção do bem.

Devidamente inspirado, Allan Kardec sentiu que nas máximas cristãs, apoiadas nas mensagens do mundo invisível, poderia ele organizar um roteiro que orientasse o homem da Terra para o exame de suas dores, em seus momentos de angústia. Cultivando esse roteiro, o homem chegará ao limite de suas provas amparado por uma força positiva e sempre agindo em consonância com a pureza do Evangelho, com o bem, com a verdade.

O Evangelho Segundo o Espiritismo é dos livros mais apreciados do meio espírita; é dos livros de maior sustentação para a humanidade terrena. Todos aqueles que lhe lerem as páginas encontrarão não somente segurança e apoio, mas roteiro seguro para os problemas dos dias de hoje e para os que possam vir.

terça-feira, 27 de novembro de 2018

O Centro Espírita

O Centro Espírita
O Centro Espírita
O Centro Espírita é uma célula viva e pulsante onde se forjam caracteres, sob a ação enérgica do bem e do conhecimento.

Mais do que uma sociedade de criaturas encarnadas, é um núcleo onde se mesclam os seres desprovidos da carne com os mergulhados no envoltório físico, em intercâmbio que faculta a evolução no programa de amor e trabalho.

Escola – torna-se educandário, graças ao qual a instrução alarga-se, desde a geração de fenômenos educativos de hábitos, para produzir discípulos conscientes da própria responsabilidade, até cidadãos capacitados para a vida.

Oficina – onde se trabalham os sentimentos e se modelam os valores éticos, aos camartelos do sofrimento e da renovação, nas diretrizes que a caridade propõe como método depurativo e elevado.

Hospital – enseja as mais exclusivas terapêuticas para alcançar as causas geradoras do sofrimento, apresentando as ramificações das enfermidades e as expressões das dores morais, que devem ser transformadas em estado de saúde lenificadora.

Santuário – que se converte em altar de holocausto dos valores morais negativos e de soerguimento das virtudes, em intercâmbio saudável com o pensamento cósmico, mediante a oração, a concentração e a atividade libertadora.

domingo, 25 de novembro de 2018

Percepções

Percepções
Percepções
Falando-se de sensações no mundo espiritual, deve-se pensar na emoção com que muitos espíritos se veem a braços, quando estão diante de amigos que ficaram na Terra. Referimo-nos àqueles que durante muitos anos, distanciados das vibrações próximas do chão, ao retornar em visita, observam a mudança de vibrações do ambiente em que viveram.

Alguns espíritos passam a enxergar sob outro ângulo os seus amigos a respeito dos quais tinham um certo tipo de ideia, e os veem em lutas com seus problemas, suas dificuldades e algumas vezes até mesmo em quedas. Outros espíritos, distantes muitos séculos das lutas terrenas, têm que voltar pelo processo da reencarnação e sentem o choque vibracional que os caracteriza muito bem.

Todas essas sensações são controladas pela vontade, pelo amor, pelo sentimento de elevação que o espírito traz em si; mas a verdade é que muitos daqueles que visitam a Terra sentem verdadeiros choques vibracionais, precisando alguns, mesmo, passar por período de adaptação, para poderem mergulhar no fluido dos encarnados.

sexta-feira, 23 de novembro de 2018

O Pensamento


O Pensamento
O Pensamento
Ó escritores, ó artistas, ó poetas! Vós, que sois mais numerosos a cada dia; vós, cujas produções se multiplicam e crescem, como uma onda que se eleva, produções muitas vezes belas, na forma, mas fracas, no fundo, superfi ciais e materiais, quanto talento não despendeis por causas medíocres!

Quantos esforços desperdiçados ou postos a serviço de paixões doentias, de volúpias inferiores e interesses vis!

Enquanto vastos e magníficos horizontes se desdobram, enquanto o livro maravilhoso do Universo e da alma se abre, grandioso, diante de vós e enquanto o gênio do pensamento vos convida para nobres tarefas, para obras cheias de substância, fecundas para o adiantamento da Humanidade, frequentemente, vós vos comprazeis em pueris e estéreis estudos em que a consciência se debilita, a inteligência se prostra e se enlanguesce, no culto exagerado dos sentidos e dos instintos impuros.

Quem de vós vai narrar a epopeia da alma, lutando pela conquista de seus destinos, no ciclo imenso das eras e dos mundos; suas dores e suas alegrias, suas quedas e seus reerguimentos, a descida aos abismos da vida, os voos em direção à luz, os sacrifícios, os holocaustos que são um resgate, as missões redentoras, a participação crescente das concepções divinas?

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Jesus

Jesus
Jesus
Pela graça infinita de Deus, paz! Balthazar, pela graça de Deus.

Quando os convidamos, caros irmãos, a participar conosco das alegrias do estudo, o fazemos com vistas ao progresso que nos cabe e também ao progresso que todos podem vir a adquirir.

Ora, falar de Jesus é sempre muito interessante, até porque quanto mais altas são a força e a personalidade de um líder, maior oportunidade de exame de seu comportamento nos é dada. São almas multifacetadas que agem. Num simples elevar de mãos, numa simples palestra, em uma bênção, sendo como são, superiores, abrem, para nós outros, os que vimos aprender, visões novas e importantes sobre um mesmo assunto.

Este é o enfoque que iremos dar à figura de Jesus: o grande

Mestre do planeta que nos abriga. Apesar das dores, das dificuldades, dos sofrimentos, dos crimes e da indiferença moral que a humanidade traz como marcas dolorosas no seu coração, existem, também, marcas otimistas, positivas, de elevação: a marca clara e evidente de que Jesus é o nosso governador; a marca excepcional de que ele é o nosso Mestre; a marca interessantíssima de Jesus, sempre o curador, e a marca humana, dos simples, como sendo a da vida comum que o próprio Jesus levou na Terra.

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Conversações Doentias

Conversações Doentias
Conversações Doentias
Semelhante a carro de lixo que espalha emanação morbífica por onde passa, as conversações doentias assinalam os roteiros por onde seguem.

Quando se instalam, destroem o domicílio da paz e a suspeita se aloja, vitoriosa, atormentando, implacável.

Como gás de fácil expansão, o tóxico da informação menos digna se expande, asfixiando esperanças e matando aspirações superiores.

Por onde passa, a conversação infeliz gera a hipocrisia, desenvolvendo uma atmosfera antifraterna em que assenta suas afirmações.

A má palestra nada poupa. Facilmente se dissolve em ácido calunioso ou brasa acusadora; atinge corações honestos e enlameia famílias enobrecidas pelo trabalho; deslustra uma existência honrada com uma frase, atirando ignomínia e desdouro; estimula a mentira, que se transforma em injúria, fomentando crime e loucura.

Nutrida pela ociosidade a conversação insidiosa é mãe da corrupção moral.

Se os ensinos edificantes tentam exaltar a dignidade e o dever, oferecendo campo à verdade e ao brio, o veneno da informação descaridosa aparece pretextando ingenuidade e destrói, impiedoso, a cultura da dignidade.

sábado, 17 de novembro de 2018

Em Plena Era Nova

Em Plena Era Nova
Há criaturas que deixaram, na Terra, como único rastro da vida robusta que usufruíam na carne, o mausoléu esquecido num canto ermo de cemitério.

Nenhuma lembrança útil.

Nenhuma reminiscência em bases de fraternidade.

Nenhum ato que lhes recorde atitudes com padrões de fé.

Nenhum exemplo edifi cante nos currículos da existência.

Nenhuma ideia que vencesse a barreira da mediocridade.

Nenhum gesto de amor que lhes granjeasse sobre o nome o orvalho da gratidão.

A terra conservou-lhes, à força, apenas o cadáver – retalho de matéria gasta que lhes vestira o espírito e que passa a ajudar, sem querer, no adubo às ervas bravas.

Usaram os empréstimos do Pai Magnânimo exclusivamente para si mesmos, olvidando estendê-los aos companheiros de evolução e ignorando que a verdadeira alegria não vive isolada numa só alma, pois que somente viceja com reciprocidade de vibrações entre vários grupos de seres amigos.

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

A Consciência, o Sentido Íntimo

A Consciência, o Sentido Íntimo
A Consciência, o Sentido Íntimo
A consciência é, portanto, como diz W. James, o centro da personalidade, centro permanente, indestrutível, que persiste e se mantém, através de todas as transformações do indivíduo. A consciência é não só a faculdade de perceber, mas também o sentimento que temos de viver, de agir, de pensar, de querer. Ela é una e indivisível. A pluralidade de seus estados nada prova, como vimos, contra essa unidade. Estes estados são sucessivos, como as percepções que a eles se ligam e, não, simultâneos. Para demonstrar que existem, em nós, vários centros autônomos de consciência, ter-se-ia de provar também que há ações e percepções simultâneas e diferentes; mas isto não é assim, nem pode ser.

Todavia, a consciência, em sua unidade, apresenta, nós o sabemos, vários planos, vários aspectos. Física, confunde-se com o que a Ciência chama de sensorium, isto é, a faculdade de concentrar as sensações exteriores, de coordená-las, de defini-las, de apreender-lhes as causas e determinar-lhes os efeitos. Pouco a pouco, por conta da própria evolução, estas sensações multiplicam-se e se refinam e a consciência intelectual desperta. Daí em diante, seu desenvolvimento não terá mais limites, já que poderá abranger todas as manifestações da vida infinita. Aí, eclodirão o sentimento e o bom senso e a alma perceber-se -á a si mesma. Tornar-se-á, ao mesmo tempo, sujeito e objeto. Na multiplicidade e na variedade de suas operações mentais, terá sempre consciência daquilo que pensa e quer.



Autor: Léon Denis
Do livro: Q Problema do Ser e do Destino

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Facho Libertador

Facho Libertador
Facho Libertador
Consolador prometido por Jesus, o Espiritismo alcança o homem por mensageiro divino, estendendo-lhe as chaves da própria libertação.

Rompe os limites que lhe circunvalam o planeta, em forma de horizontes, e descortina-lhe a visão do Universo, povoado de mundos inumeráveis, rasgando a venda de ilusão que lhe empana a ideia da vida.

Funde as grades da incompreensão, entre as quais se acredita cobaia pensante em vale de lágrimas, e fala-lhe da justiça perfeita e da bondade incomensurável do Criador que concede oportunidades iguais a todas as criaturas, nos planos multiformes da Criação, extirpando a cegueira que lhe obscurece o entendimento e ensinando-lhe a reconhecer que deve a si mesmo o bem ou o mal, que lhe repontem da senda.

Parte as grilhetas de sombra, que lhe encerram a inteligência em falsos princípios de maldição e favor, impropriamente atribuídos à Excelsa Providência, e oferece-lhe o conhecimento de reencarnação do espírito, em aperfeiçoamento gradativo na Terra ou em outros mundos.

Derrete as algemas de tristeza que lhe aprisionam o sentimento, na tenebrosa perspectiva de eterno adeus perante a morte, e clareialhe o raciocínio na consoladora luz da sobrevivência, para além da estância física.

domingo, 11 de novembro de 2018

Mistificações na Mediunidade

Mistificações na Mediunidade
Mistificações na Mediunidade
O exercício da mediunidade correta impõe disciplinas que não podem ser desconsideradas, seriedade e honradez que lhe conferem firmeza de propósitos com elevada qualidade para o ministério.

Porque independe dos requisitos morais do intermediário, este há de elevar-se espiritualmente, a fim de atrair as entidades respeitáveis que o podem promover, auxiliando-o na execução do delicado programa a que se deve ajustar.

Pelo fato de radicar-se no organismo, o seu uso há que ser controlado e posto em regime de regularidade, evitando-se o abuso da função, que lhe desgasta as forças mantenedoras, como a ausência da ação, que lhe obstrui mais amplas aptidões que somente se desenvolvem através de equilibrada aplicação.

Face à sintonia psíquica responsável pela atração daqueles que se comunicam, a questão da moralidade do médium é de relevante importância, preponderando, inclusive, sobre os requisitos culturais, porquanto estes últimos podem constituir-lhe uma provação, jamais um impedimento, enquanto a primeira favorece a união com os espíritos de igual nível evolutivo.

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Enriquece o Teu Dia

Enriquece o Teu Dia
Enriquece o Teu Dia
Cada dia é uma reencarnação simbólica para nós outros, no círculo de lutas purificadoras da Terra.

Não te esqueças de semelhante verdade, se desejas realmente preparar o coração para a vida imperecível.

Não desperdices a riqueza dos minutos na indiferença, na teimosia, no isolamento ou na inércia.

Cada vez que o sol reaparece no horizonte, é possível melhorar o padrão do próprio entendimento com os familiares, auxiliar ao próximo com mais segurança, amparar a natureza com mais alta compreensão.

Hoje é nova oportunidade a fim de renovar-nos, quanto possível, para o Infinito Bem.

Planta uma árvore amiga e, mais tarde, recolher-lhe-ás o tesouro de bênçãos.

Aceita o desafeto de ontem, oferecendo-lhe simpatia e, em futuro próximo, terás um irmão compreensivo e devotado.

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Paciência e Bondade

Paciência e Bondade
Paciência e Bondade
Se o orgulho é o pai de uma multidão de vícios, a caridade gera muitas virtudes. Desta derivam a paciência, a doçura, a reserva nas intenções. É fácil para o homem caridoso ser paciente e doce, perdoar as ofensas que lhes são feitas. A misericórdia é companheira da bondade. Uma alma elevada não pode conhecer o ódio, nem praticar a vingança. Ela plana acima dos mesquinhos rancores: é do alto que observa as coisas. Compreendendo que os erros dos homens são apenas o resultado de sua ignorância, não concebe nem amargor, nem ressentimento. Sabe que perdoar, esquecer os erros do próximo, é anular qualquer gérmen de inimizade, é apagar toda causa de discórdia no futuro, tanto na Terra quanto na vida do Espaço.

A caridade, a mansuetude, o perdão das injúrias tornam-nos invulneráveis, insensíveis às baixezas e às perfídias. Provocam nosso desligamento progressivo das vaidades terrestres e habituam-nos a dirigir nosso olhar para as coisas que a decepção não pode atingir.

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Ouvindo o Convite de Jesus

Ouvindo o Convite de Jesus
Ouvindo o Convite de Jesus
Vinde a mim... Eis o convite que o Senhor repete, na noite de hoje, aos nossos corações.

Através dos séculos tem ele, nos feito esse convite e, apesar da insistência do convite, muitos têm buscado outras soluções para vencerem os seus problemas e, as dificuldades, para superarem as lutas, nem sempre optando por soluções mais afinadas com as Leis de Deus. Por isso mesmo, muitas almas têm acumulado, através dos tempos, mais dores e sofrimentos.

Nesta noite, renova-se o convite do Senhor, chamando-nos para que aprendamos com ele, que é manso e pacífico, que está plenamente sintonizado com Deus.

Convida-nos gng a confi ar ao seu coração nossas dores, angústias, aflições, sofrimentos.

Convida-nos mais uma vez para que, através da reflexão da sua mensagem, possamos nós, encarnados e desencarnados, assumir uma nova postura dentro da vida e, através dessa modificação, trilharmos caminhos mais seguros que possam nos desviar de outras tantas quedas que acabariam por acumular novas dores e sofrimentos.

sábado, 3 de novembro de 2018

Convite ao Estudo

Convite ao Estudo
Convite ao Estudo
“O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem e o homem mau, do mau tesouro tira a mal; porque a sua boca fala o de que está cheio o coração.” (Lucas, 6:45.)

Pugnadores do ceticismo diante das investigações das ciências modernas apresentam apressadas conclusões pessimistas através das quais subestimam os informes espiritualistas com sarcasmos e azedumes.

Tratadistas da negação arremetem, desesperados, contra as expressões imortalistas, apoiando-se nas filosofias do desespero como se elas pudessem equacionar todos os enigmas da inquietação humana.

Anarquistas apaixonados, face às alterações econômico-sociais, arremetem revoltados, em fúria brutal, contra as vivas lições cristãs, como desejando tudo romper e aniquilar.

Assumem atitudes aberrantes os hodiernos condutores da mente e do comportamento do homem, a reivindicar chegado o período da felicidade, que é aflição disfarçada pelos alucinógenos e gozos fugazes em prenúncio da grande degradação em massa...

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Jovens

Jovens
Jovens
No estudo das ideias inatas, pensemos nos jovens, que somam às tendências do passado as experiências recém-adquiridas.

Com exceção daqueles que renasceram submetidos à observação da patologia mental, todos vieram da estação infantil para o desempenho de nobre destino.

Entretanto, quantas ansiedades e quantas flagelações quase todos padecem, antes de se firmarem no porto seguro do dever a cumprir!...

Ao mapa de orientação respeitável que trazem das Esferas Superiores, a transparecer-lhes do sentimento, na forma de entusiasmos e sonhos juvenis, misturam-se as deformações da realidade terrestre que neles espera a redenção do futuro.

Muitos saem da meninice moralmente mutilados pelas mãos mercenárias a que foram confiados no berço, e outros tantos acordam no labirinto dos exemplos lamentáveis, partidos daqueles mesmos de quem contavam colher as diretrizes do aprimoramento interior.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...