terça-feira, 17 de junho de 2008

Riquezas da vida

À inteligência delegou a divindade os recursos para gerar as bençãos de que o homem necessita para o seu crescimento.

A ela cabe o ministério de mudar as estruturas ambientais, produzindo fatores que ensejam o conforto e favorecem a alegria.

A conquista do dinheiro faz parte do seu programa, em se considerando a condição de vida na Terra, em que as trocas se fazem sob a injução das moedas que propiciam riquezas e misérias...

A riqueza, portanto, está presente no organograma do processo de crescimento da criatura.

Quando mal aplicada, ou posta a serviço do egoísmo, ou responsável pela carência noutras mãos, dá surgimento à pobreza, que não é de Deus, mas dos seus administradores humanos infiéis...

Faz parte da fatalidade das leis soberanas da vida a felicidade.

Alcançá-la mediante o investimento do amor é recurso de que se devem valer todos quantos, malogrando, tombam no impositivo do sofrimento, em cujas faixas comportamentais de ação, a escassez de recursos amoedados se apresenta como metodologia eficiente de reeducação.

Tem, portanto, o homem o direito de lutar pela riqueza, desde que se não afadigue pelo supérfluo, utilizando-se da mesma para propiciar oportunidades felizes, multiplicar empregos, promover o próximo, ampliar as áreas da educação, da moradia, da saúde...

Considera nas tuas aspirações de progresso e de riqueza tudo quanto é necessário ou supérfluo.

Seja a tua abastança razão de alegria para muitos, além do teu estreito círculo afetivo.

Se, todavia, não lograres acumular bens transitórios, tem em mente a importância dos valores eternos e não desfaleças no afã de progredir onde te encontres e sob quais injunções te demores.

Não situes as tuas metas apenas na conquista das riquezas materiais, mantendo a recordação do ensinamento do Mestre que "nem só de pão vive o homem", apoiando-te na "palavra de Deus" e sendo feliz com os recursos de que disponhas, o que não significa manteres-te em indiferença pelos bens humanos ou fugindo do trabalho, que é o grande gerador de todos os valores da vida.

Joanna de Ângelis

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...