quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

A mensagem do Cristo

A figura de Jesus nunca será devidamene apreciada pelos homens, enquanto estiverem na faixa mental onde atualmente se encontram, uma vez que o Mestre trouxe essencialmente para todos nós uma mensagem que ainda nos é difícil perceber ou mesmo traduzir em sentimentos em favor do próximo.
O amor que ele trouxe para a humanidade ainda é algo de estranho para a maioria dos homens. para se chegar a esta noção de amor, serão preciso tempo, determinação e lapidação daquilo que não está ainda perfeito em nós.
O tempo não se medirá numa única encarnação. Para se entender a mensagem do Cristo serão necessárias múltiplas encarnações. Mas para se chegar a esse objetivo é necessário que a criatura se determine, que procure vencer, através dos milênios, toda essa fase de pouca absorção dos conhecimentos cristãos.
A determinação fará com que o homem se encaminhe, procure chegar ao objetivo maior. Por isso, a nenhum de nós é dado o direito de dizer, por exemplo: "Não venci e não vencerei mais; não superarei as minhas dificuldades." A nenhum homem é dado esse tipo de raciocínio, porque a criatura que deseja alcançar a visão crítica da vida e que deseja chegar aos pés do Mestre sabe que demorará uma, dez, vinte, quantas encarnações forem necessárias, mas sabe que há uma meta por atingir. Por isso nunca deixará de se esforçar.
A lapidação da massa bruta de que o homem ainda é constituído é outro objeto de preocupação dos grandes guias espirituais da humanidade. Eles sabem que a dor é companheira do iniciante, do incipiente, e que ela o desperta (...)
Por isso mesmo, os que sofrem, os que têm por que chorar, observem se a dor é extrema, isto é, intencionalmente provocada por alguém, por alguma coisa para despertar o nosso sentimento, ou se ela é interna, tal como as dores advindas da incompreensão, da insensatez dos amigos, do sofrimento de termos amigos infiéis. Todas essas formas de dor, provocando a elevação do homem, fazem fazem parte do processo de progredir que a todos está dado a fazer.
Assim, pois, que nos corações presentes haja a lembrança do Cristo como grande amigo e dispensador de todos os bens que possuímos, sendo o maior deles o amor.
Que sigamos nesta faixa de luz que ele nos oferece!
Nele nos apoiemos para atravessar a região das sombras e das revas.
Que Jesus Cristo nos ajude e conduza, hoje e sempre!
Balthazar

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...