segunda-feira, 26 de março de 2012

Espíritos


Espíritos
O medianeiro não confiará cegamente nos espíritos que por ele se manifestem. 

Não se esquecerá de que, muitas vezes, o médium é também chamado ao dever de cooperar com os espíritos em seu próprio esclarecimento. 

O espírito auxilia o médium, mas o médium igualmente pode auxiliar o espírito que o utiliza como instrumento. 

Existem coisas que o espírito aprende com o médium; por isso a necessidade de o médium estudar, indiretamente educando o espírito com o qual se afinize na tarefa. 

Raros os espíritos espíritas. 

Enquanto redijo estas linhas, observo que o médium de que me sirvo vai submetendo o que escrevo ao crivo de sua formação doutrinária.

Embora, como desencarnado, não me preocupe tanto com a forma, ele vai solicitando de mim a clareza possível na exposição das ideias. 

De certa forma, ele me cerceia a livre manifestação do pensamento, mas “obriga-me” a apurar a minha capacidade de síntese. 

Por outro lado, transmito-lhe informações sobre mediunidade que ampliam a sua visão em torno do assunto, 
descortinando-lhe caminhos que ainda não percorrera. 

Doo e recebo, ensino e aprendo. 

A mediunidade é escola tanto para encarnados quanto desencarnados e, juntos, temos muito que aprender com ela.



Autor: Odilon Fernandes
Do livro: ABC da Mediunidade

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...