sábado, 17 de agosto de 2013

Na cura da obsessão

Na cura da obsessão
Na cura da obsessão
Sofreste processo obsessivo que te ameaçava a segurança mental; no entanto, recolheste, a tempo, o socorro espírita que te arrancou à hipnose das trevas. Ainda assim, ao modo de enfermo em laboriosa restauração, não prescindes de constante apoio fraterno. De quando em quando, o pensamento se te obscurece, sob o jugo de emoções contraditórias, qual se te expusesses a rajadas de aflição e medo, a te esfoguearem a cabeça e enregelarem o coração... E, nas horas de crise, quando a influência de seres conturbados te alcança o psiquismo, experimentas o pavor do náufrago semissalvo, quase em terra firme, que a maré grossa tenta arrastar novamente ao fundo.


É natural esperes auxílio, mas é necessário igualmente que te auxilies.


Refaze as forças físicas, sob a inspiração da ciência curativa que a providência divina te assegura na Terra, mas satisfaze também à medicação da alma, através de leituras edificantes, em cujos textos a Doutrina



Espírita te ajude a retomar o controle de espírito, promovendo o governo da casa íntima. Cultiva a oração, sem esquecer o trabalho sadio que te valorize o tempo e a presença, angariando, sobretudo, alguma atividade beneficente que te faça mais útil à felicidade do próximo, em necessidades talvez maiores que as tuas. Reage contra quaisquer impressões de mágoa ou ressentimento, evita, quanto possível, as circunstâncias em

que a tua posição de convalescente seja suscetível de queda, e guarda- te no convívio de irmãos cujos laços de entendimento e de afinidade te garantam o equilíbrio que ainda não pudeste, de todo, recuperar.


Rogas o concurso de benfeitores desencarnados, através de médiuns amigos, e decerto receberás semelhante auxílio; no entanto, é imprescindível que te decidas a aproveitá-lo.


Meditemos no esforço generoso daqueles que nos amparam e saibamos colaborar com eles, a benefício nosso. O enfermo mais ricamente assistido deve cooperar com o médico que o atende, para que se possa
curar.



Autor: Emmanuel

Do Livro: Encontro Marcado

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...