segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

A justiça da Lei

A justiça da Lei
A justiça da Lei
As almas que um dia esqueceram o caminho do bem, que enveredaram pelo caminho do erro, todas alcançarão a Cristo e a Deus.

Não há, na história da Humanidade, nenhum sentimento mais perverso, mais doloroso que o sentimento guerreiro, que destrói, que maltrata, que leva desânimo, que leva fim às sociedades, às cidades, aos homens. Os gênios espirituais que provocam esse sentimento um dia reencarnarão e sofrerão, eles próprios, nos núcleos que destruíram, o resultado de suas ações.

Os espíritos que, encarnados, provocaram morte e dissabor e se aproveitaram da insuficiência de algumas cidades, levando sofrimento e luto, também reencarnarão nessas mesmas cidades ou em outras que passarão por situações semelhantes.


Aqueles que aplaudiram, que disseram alegremente ser a destruição uma necessidade, passarão por situação que comprove a triste atitude que aplaudiram; mas todos os que sofreram e todos os que fizeram sofrer um dia se encontraram ou se encontrarão junto a Jesus, porque este os encaminhará adiante, na direção de Deus.

É da Lei que todos nós nos associemos para nos encontrarmos com o Pai. Na Terra, temos Jesus como o grande Mestre que aplaina nossas dificuldades, que prepara nossos espíritos, que conduz nossos sentimentos, igualando-os, tanto quanto possível, para que cheguemos, todos, a regiões mais elevadas que a própria Terra, em busca da Lei, em busca de Deus.

Caminhemos, pois, na certeza de que estaremos juntos, todos juntos, um dia.

Que Deus nos ajude e conduza nossos pensamentos, no bom entendimento dessas questões tão necessárias ao nosso progresso, e nos faça sempre fiéis ao bem e à paz!



Autor: Hermann
Do Livro: Palavras do Coração, vol. 1.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...