segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Aprendizado Valioso

Aprendizado Valioso
Aprendizado Valioso
Submetido ao currículo da aprendizagem na Academia terrestre, propõe-te a valorizar todas as lições que te escudam e preparam para a conquista dos tesouros da inteligência e do sentimento.

Cada período da vida brindar-te-á com uma gama de experiências, das quais retirarás proveitosos ensinamentos para o próprio equilíbrio.

Nem sempre o curso transcorrerá em manifestação festiva, porém, nas diferentes etapas, defrontarás os desafios que te exigirão capacidade e reflexão, discernimento e decisão para superá-los.

Toda conquista resulta de um preço, de sacrifício ou esforço para legitimar-se.

As variadas disciplinas podem impor-te demorados estágios, seja no patamar dos sofrimentos ou nos degraus da renúncia, todavia, galgando a escada das dificuldades, lograrás o topo da subida para o refazimento necessário e a paz verdadeira.

A princípio, os sonhos infantis enriquecer-te-ão as paisagens mentais, de modo a nutrires a
adolescência com imagens e contos felizes, passando à idade da razão pelo túnel das preocupações e  responsabilidades com as quais enfrentarás o período do envelhecimento, caso a desencarnação não se te faça o decreto inesperado de interrupção do curso...

*

Nas inúmeras matérias de estudo e vivência ambicionarás o curso da beleza física, sem te dares conta do quanto é transitória e de como encarcera o coração em abismos de desencanto e frustração; desejarás a projeção social, sem te aperceberes dos perigosos labirintos por onde deverás transitar, para mantê-la, já que se apoia nas areias movediças das circunstâncias instáveis do processo de relacionamento humano; disputarás a conquista do poder, sem que observes o pesado ônus que se paga quando em posição de mando, por muitos bajulado, a fim de recolherem porções da situação e desprezíveis migalhas de projeção, sob a inveja, o despeito e o ódio de incontáveis, que se comprazerão quando o olvido e a queda assinalarem a passagem do triunfador enganado por um dia; lutarás pela aquisição da cultura, com a qual conseguirás deter valores inapreciáveis, sem perceberes a presença do orgulho e da presunção que se postará à espreita; buscarás o prazer, com o qual ficarás embriagado pelos vinhos da luxúria ou da sensualidade, da gula ou do repouso exagerado, dos desportos ou da ociosidade, sem registrares a dissolução dos sentimentos e a intoxicação violenta, letal, da personalidade...

Mesmo que o não desejes, no entanto, passarás por classes de apreensão e soledade, pobreza e incompreensão, abandono e doença, porquanto fazem parte da programação educativa, como metodologias especiais para corrigir a óptica equivocada dos alunos ou a sua falsa superioridade em relação aos demais. 

Serão períodos de movimentação ou calmaria, a sós ou com a família, de cujas ações resultarão os títulos de promoção ou a necessidade de recuperação imediata, a fim de não estacionares demoradamente na reprovação.

*

Ninguém alcançará o pleno conhecimento da vida sem a experiência valiosa nos estágios curriculares do educandário terrestre.

Limitados e dementes, macerados e reclusos em corpos disformes, que não lhes respondem aos comandos do espírito, são alunos desertores que se encontram de retorno, expiando, ergastulados na dor, as lições de amor que desprezaram.

Inquietos e instáveis, insatisfeitos e padecentes, necessitados e solitários são discípulos em curso de recuperação provacional, com imediatas possibilidades de promoção, caso não resvalem, voluntariamente, pelo desespero e pela rebeldia sistemática para os cursos inferiores, já superados, mas de que ainda necessitam...

Beleza física, projeção social, poder, cultura, prazeres são provas de difícil vitória na aprendizagem terrestre.

Solidão e sofrimento, pobreza e problemas constantes, enfermidade e abandono constituem exames rigorosos de excelentes pesos na contagem das unidades para a avaliação no final de cada curso.

A vida é eterna e as experiências são constantes, facultando aquisições que somam valores para a libertação do ser, assim arrebentando as algemas do primitivismo com os recursos do amor puro e da sabedoria, mediante os quais poderemos manter-nos e progredir na escola bendita da ascensão de todos nós, que é a Terra.



Autora: Joanna de Ângelis
Do livro: Otimismo.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...