domingo, 5 de julho de 2015

Ação Fluídica do Perdão

Ação Fluídica do Perdão
Ação Fluídica do Perdão
“Perdoar aos seus inimigos é pedir perdão para si mesmo; perdoar aos seus amigos é lhes dar uma prova de amizade (...)” (Allan Kardec, O Evangelho Segundo o Espiritismo, 2.ed. CELD, 2003. Cap. X, item 15.)

Pela graça infinita de Deus, paz!

Balthazar, pela graça de Deus.

Ao falarmos de perdão, não nos esqueçamos de que emitimos uma sobrecarga mental e fluídica todas as vezes que agimos contra alguém. Ao criarmos uma atmosfera de ódio, de extensas reclamações, de observações inoportunas, até mesmo desagradáveis, agimos não somente de um ponto de vista moral e mental, mas também fluídico, envolvendo as criaturas nas vibrações que enviamos a partir dos nossos sentimentos.

Quando Jesus recomendou o perdão das ofensas, ele quis nos ensinar que, ao perdoar, a criatura se
deixa preparar por Deus para enfrentar os fluidos negativos que tentam envolvê-la. — Sabe-se que a luz dissolve as trevas.

Assim, quem ama, perdoa, e tem pensamentos positivos, elevados, cria a própria atmosfera de tranquilidade e, ao mesmo tempo, de força capaz de dissolver energias negativas que lhe estejam ao redor. Igualmente, quando nos dispomos a perdoar alguém, quando deixamos de alimentar o pensamento negativo contra alguém, deixamos de enviar uma força maléfica. Nesse momento, ao dizer: “perdoo”, passamos a deixar de conduzir fluidos contrários ao próximo.

Por isso, com a lição da noite de hoje, quando estamos aprendendo o perdão das ofensas, vamos entender que, ou perdoando no sentido de não nos deixarmos envolver, ou perdoando no sentido de doarmos um sentimento de amor ao próximo, estaremos criando uma atmosfera benéfica em torno de nós.

O estudo das energias irradiantes, o estudo dos fluidos, do mecanismo do magnetismo ajudarão a todos a pensar e discernir sobre o perdão das ofensas de um ponto de vista moral e fluídico.

Que Deus a todos nós ajude a compreender, a perdoar e a agir corretamente no bem!

Muita paz, meus irmãos!

Que Deus nos ajude a todos! Paz!



Autor: Balthazar, pela graça infinita de Deus.
Do livro: Pela Graça Infi nita de Deus

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...