quarta-feira, 13 de julho de 2016

Priorizemos os valores do espírito imortal

Priorizemos os valores do espírito imortal
Priorizemos os valores do espírito imortal
“O apego aos bens terrenos é um obstáculo à salvação.” (Allan Kardec. O Evangelho Segundo o Espiritismo. Cap. XVI, item 7. CELD.)


Pela graça infinita de Deus, paz!

Balthazar, pela graça de Deus.

As reflexões da noite nos fazem concluir acerca da necessidade de priorizarmos atividades, atitudes, pensamentos e não nos deixarmos envolver por aquelas coisas que realmente em nada nos ajudarão o progresso.

Cada vez que trabalharmos no bem, lembremo-nos de que estamos sendo convocados pela Lei de Deus, que nos aponta o caminho do progresso, mas também estamos sendo convocados pela própria necessidade de progredir.

Lutaremos contra forças do mundo para buscarmos as forças de Deus, na medida em que fizermos das forças do mundo objeto da nossa preocupação e atenção.

Quando formos entendendo que somos espíritos imortais e que nossa caminhada para Deus é inexorável, priorizaremos as atitudes do espírito imortal e deixaremos para segundo plano, embora não as esqueçamos, as atitudes e atividades propriamente ditas terrenas, materiais.


O espírita e o cristão de um modo geral precisam aprender a valorizar as coisas de Deus, renovar as suas ideias, transformar as suas emoções e construir os valores da alma imortal, diariamente, com o objetivo do próprio caminhar no bem.

Quando o trabalhador da caridade, o trabalhador cristão, começa a colocar em dúvida a prioridade da sua existência, ele, por isso mesmo, está em situação anormal. Por isso, quantas vezes encontramos homens espíritas, homens cristãos, confusos, sem saber que rumo dar à vida. Mas aquele que sabe que sua vida é do Senhor, aquele que percebe que seus passos são dirigidos na direção do próprio progresso espiritual, aqueles que iluminam o coração pela prática do bem sempre sabem como se encaminhar na direção elevada.

Busquemos, assim, meus irmãos, analisar a nós mesmos; este, o sentido do estudo de hoje. Jesus propõe a análise do nosso próprio comportamento, para que saibamos o que fazer da própria vida.

Na medida em que vamos nos esforçando por espiritualizarmo-nos, estamos, por isso mesmo, adotando um posicionamento de elevação. Na medida em que vamos nos esquecendo de nos espiritualizarmos, estamos adotando uma atitude contrária ao progresso, à elevação.

Façamos esta reflexão e analisemos, repito, a nós mesmos, para que nos encontremos na direção do bem, em busca da vida superior, caminhando ao encontro da paz.

Que Jesus Cristo nos ajude, nos abençoe e nos proteja, agora e sempre!

Graças a Deus!

Balthazar, pela graça infinita de Deus.



Autor: Balthazar
Do livro: Pela Graça Infinita de Deus, vol. 3.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...