segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Paciência e Fé

Paciência e Fé
Paciência e Fé
Meus amigos da Terra, vocês se lamentam frequentemente, direi mais, vocês se lamentam sempre! Por quê? — Vou dizê-lo a vocês.

Vocês são enfermos obrigados a engolir o remédio amargo que se chama a existência terrestre, gritam bem forte que o remédio é ruim, apenas se esquecem de uma coisa, é que o remédio é necessário, é preciso tomá-lo, mas não é melhor tomá-lo alegremente?

Concordo com vocês com tudo o que querem; que seu mundo é triste, que aí faz frio, que aí é escuro; mas, digam-me, Deus não é infinitamente bom? Deus que lhes deu a uns o estudo sempre consolador, a outros a arte sempre encantadora, para todos, a natureza sempre bela?

Geralmente vocês cometem um grande erro, é de se afundarem na lama, quando lhes basta para dela sair, de uma prece a Deus, de um pensamento na direção do futuro!


Tranquilizem-se e consolem-se, a existência não é senão uma viagem comumente muito curta, a vida é uma passagem, sou disso uma prova, prova bem feia, outrora bem triste, mas que diferentes beberagens como a que tomam atualmente, modificaram, transformaram, embelezaram, e, posso dizê-lo sem orgulho, transfiguraram!

Sejam, pois, pacientes nas suas provas, meus amigos da Terra, amem um pouco essa vida que os ajudará a crescer, e bendigam o remédio que lhes dará a saúde e os tornará eternamente felizes!

Aqueçam-se no verdadeiro sol que seca todas as lágrimas: o amor!

Esclareçam-se na divina chama que dissipa todas as dúvidas: a fé!

Não percam nunca de vista a estrela que os conduz para o futuro: a esperança!

Lembrem-se de que tudo passa, exceto a verdade!



Autor: Esopo
Do livro: Reflexos da Vida Espiritual

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...