domingo, 17 de fevereiro de 2013

Oportunidade de Serviço


Oportunidade de Serviço
Rogastes a oportunidade do serviço, e o Mestre Divino vos concedeu o trabalho edificante. 

Anelastes pela realização na corrente do tempo e o Trabalhador infatigável vos ensejou o campo enobrecido. 

Desejastes preencher as horas vazias com o esforço bem direcionado, e o amigo insuperável vos proporcionou a ocasião de lográ-lo. 

Todos vos aplicastes na consolidação do ideal superior da mensagem libertadora, e o doador incessante não vos regateou recursos para o atendimento dos objetivos buscados. 

Empenhastes os corações na refrega libertadora, e o companheiro especial vos aureolou as esperanças com a plenitude da realização. 


Concluído o ministério, fazeis uma pausa de avaliação. É compreensível que o retorno dos esforços canalizados para o trabalho se faça, posteriormente, sem que qualquer estatística possa anotar resultados(...) 

Por isso, no auge das alegrias e da gratidão, novos esforços devem ser aplicados em favor do porvir... 

Esta é uma luta sem quartel, na qual não vos cabe, por enquanto, o repouso sobre os esforços, nem o demorado júbilo ante o êxito. 

Jesus até agora trabalha e o Pai prossegue trabalhando... 

Vossos benfeitores espirituais, responsáveis pelo destino da nacionalidade brasileira contam convosco. 

Da mesma forma que dependeis do Senhor e aguardais a sua interferência em vossas realizações, o Senhor espera encontrar ressonância na vossa receptividade, nos dias que se prenunciam difíceis para a comunidade dos homens. 

O Evangelho tem urgência de ser vivido e a mensagem espírita o trouxe neste momento como meta a ser alcançada na sua plenitude. 

Jesus prossegue o mesmo e seu amor por nós continua com as mesmas características de sacrifício e de imolação. 

Libertai-vos dos atavismos que vos retêm nas sombras do ontem e avançai na direção da Grande Luz... 

Chamados a meditar na obra da construção do mundo novo, mantende alto o padrão de renovação íntima, para que a luz do meio-dia do amor estue na meia-noite do mundo tumultuado(...) 

Tarefa, pois, concluída, é experiência que abre um ciclo novo de realização a executar. 

Trazendo a palavra dos trabalhadores que se congregaram para este esforço, do lado de cá, repetimos com o apóstolo das gentes: “Eia, avante”! — não olhando para trás e vivendo as emoções do amanhã. 

Deus vos abençoe, meus fi lhos, e vos mantenha nas fileiras do bem integral para a vossa e a felicidade de todos nós! 



Autor: Bezerra de Menezes
Do Livro: Compromissos Iluminativos.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...