domingo, 3 de agosto de 2014

A finalidade da comunicação

A finalidade da comunicação
A finalidade da comunicação
“Qual é o objetivo dos espíritos que vêm com uma boa intenção? Consolar as pessoas que os lamentam; provar que existem e que estão perto de vós; dar conselhos e, algumas vezes, reclamar assistência para eles mesmos.” (O Livro dos Médiuns — Segunda Parte — Cap. VI)

Os espíritos formam a Humanidade desencarnada e habitam o mundo que lhes é próprio.

Homens e mulheres desencarnados, eles não se desvinculam, pela morte, daqueles que deixaram na Terra.

Embora continuem vivendo em outra dimensão, a maioria sabe que deverá tornar ao corpo de carne, porque, segundo a afirmativa evangélica, “tudo que ligarem na Terra será ligado no Céu, e tudo que desligarem na Terra será desligado no Céu”.

A reencarnação é, portanto, indispensável ao progresso dos espíritos. Em contato com a matéria densa é
que se lhes desenvolvem as potencialidades latentes, porque o corpo está para o espírito como a terra está para a semente...

Colaborar com os homens é, para nós, os desencarnados, muito mais que uma tarefa de amor. É investir em
nosso próprio futuro. Tanto a Terra quanto o Mundo Espiritual são, ao mesmo tempo, um campo de causas e efeitos.

O que semeamos, na condição de desencarnados, é o que colheremos, quando reencarnarmos, e vice-versa.(...) Muitos espíritos trabalham anos e anos, reaproximando desafetos a quem devem auxiliar na reconciliação, renascendo no meio deles.

A finalidade da comunicação dos espíritos que os antecederam na Grande Viagem não é apenas, portanto, de consolação, embora seja o que habitualmente acontece, devido, principalmente, à incompreensão dos homens sobre o fenômeno da morte.(...) Se fôssemos descrever a complexidade do trabalho dos espíritos junto aos homens, seríamos igualmente acusados de criar obras de ficção.

E, se os homens soubessem o que ocorre no Mundo Espiritual no momento do repouso físico, quando a nossa população se vê consideravelmente aumentada, talvez não desejassem abandonar o corpo. No que afirmamos, se baseia o medo inconsciente que muitos têm da morte, porque receiam o encontro consigo mesmos.



Autor: Odilon Fernandes
Do Livro: Mediunidade e Doutrina.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...