domingo, 13 de março de 2016

No Mundo dos Espíritos

No Mundo dos Espíritos
No Mundo dos Espíritos
“A fé é o remédio certo para o sofrimento; ela sempre mostra os horizontes do infinito diante dos quais desaparecem os poucos dias sombrios do presente.” (Allan Kardec, O Evangelho Segundo o Espiritismo, 2. ed. Celd, 2003. Cap. 5, item 19.)


A vida aqui, na espiritualidade, é convite ao trabalho, à luta, ao aprendizado, sem, entretanto, as dores e os sofrimentos que atingem os que estão presos à carne.

Há paixões parecidas com as da Terra, mas não são nunca pungentes, nem dolorosas do ponto de vista da saudade. Na Terra, o homem sente a saudade porque não vê aquele que se foi. Entretanto, aqui, entre nós, mesmo quando os espíritos estão distanciados uns dos outros, há sempre a oportunidade de nos vermos, de nos encaminharmos e de fazermos, cada vez mais, os laços de amizade se fortalecerem.

Há, contudo, espíritos que sentem extrema dificuldade de viver deste nosso lado: são aqueles que valorizam demasiado o corpo de carne e suas sensações. Para estes, realmente, a vida do outro mundo passa a ser uma coisa não agradável. Felizmente, esses espíritos não têm livre acesso às comunicações e, por isso mesmo, quase não se ouve falar das suas experiências dolorosas. Isto porque Deus, quando nos chamou para a comunicação mediúnica, disse a cada um dos espíritos do bem: “Falai, mas explicai. Falai, mas ensinai. Falai, mas deixai uma mensagem positiva”.


Somos nós, assim, trabalhadores do bem, como que candidatos permanentes ao trabalho de elevação. Por isso mesmo, por nos dedicarmos à elevação, somos felizes e dizemos a todos: No mundo dos espíritos, há felicidade, não tenham a menor dúvida disso. No mundo dos espíritos, almas se encontram, se reencontram, prometem-se mutuamente, trabalham conjuntamente e caminham lado a lado, para o trabalho de elevação.

Iluminemos nossas mentes com os conceitos acerca do mundo invisível, para que a morte, esta senhora tão temida, seja encarada como uma força da Lei de Deus.

Que Ele, Deus, nos ajude e abençoe!

Muita paz, caros filhos, para todos vocês!

Que Deus fique conosco, agora e sempre!



Autor: Hermann
Do livro: Palavras do Coração, vol. 2.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...