domingo, 7 de agosto de 2016

Exercício Mediúnico

Exercício Mediúnico
Exercício Mediúnico
“(...) as primeiras comunicações obtidas não devem ser consideradas senão como exercícios que se confiam a espíritos secundários; por isso, não é preciso lhes atribuir senão medíocre importância (...)” (Cap. XVII, Segunda Parte, item 210.)


(...) Todo médium principiante carece exercitar-se, e isto porque nenhum médium nasce pronto.

Os médiuns que se dedicam à transmissão de passes, por exemplo, necessitam exercitar-se na própria tarefa da doação de fluidos aos necessitados; muitos deles, com o tempo, acabam por conseguir resultados prodigiosos, conquistando a bênção de veicular o remédio através de suas próprias mãos...

Os médiuns de materialização precisam exercitar-se na expansão do ectoplasma; com o tempo, dos simples ruídos que os espíritos possam produzir por suas faculdades, eles possibilitarão o fenômeno da voz direta, dos sinais luminosos, da materialização propriamente dita e até mesmo dos diversos tratamentos em benefício dos enfermos, que é um dos sublimes objetivos de trabalhos desta natureza.

Os médiuns da palavra igualmente carecem de longos e continuados exercícios, a fim de que os Benfeitores da Vida Maior consigam expressar-se através de seus recursos de oratória, despertando consciências adormecidas e sensibilizando corações.


Todo tipo de exercício, seja ele qual for, reclama disciplina e perseverança, para que possa apresentar resultados.

O médium psicógrafo não deve sair por aí com as suas primeiras produções mediúnicas, querendo publicar um livro!

O entusiasmo inicial é necessário e não devemos arrefecê-lo em ninguém, mas, se chamados a orientar este ou aquele médium principiante, devemos fazê-lo com sinceridade, para não nos responsabilizarmos pela criação de ilusões em sua cabeça. (...)



Autor: Odilon Fernandes
Do livro: Somos Todos Médiuns.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...