domingo, 11 de dezembro de 2016

Servir sem Esmorecimentos

Servir sem Esmorecimentos
Servir sem Esmorecimentos
“O verdadeiro homem de bem é aquele que pratica a lei de justiça, de amor e de caridade (...)

Ele sabe que todas as vicissitudes da vida, todas as dores, todas as decepções, são provas ou expiações, e as aceita sem se lamentar.” (Allan Kardec, O Evangelho Segundo o Espiritismo, 2. ed. CELD, 2003. Cap. 17, item 3.)


Prezados companheiros, que Jesus Cristo traga a sua bênção de paz a todos os que aqui se encontram!

Estimulados pela fé, amparados pelo serviço que já realizam, prossigam, sem temores, pela vida afora. São essas palavras conhecidas, bem o sabemos, mas igualmente estimulantes para todos os que se dedicam a espalhar, por todos os cantos, a semente da Doutrina Espírita e da caridade, também.

As almas dedicadas a tal mister precisam do estímulo para dar continuidade às suas atividades. Nós outros, os espíritos de Deus, estamos aqui, nesta noite, para lhes dizer que todos os da Espiritualidade se reúnem no Centro, com vocês, para festejar a continuidade do trabalho no bem.

Seus guias, generosos amigos, que nunca cessam de amar, estão presentes na Casa Espírita, para que a fé não falte nos corações e o desânimo, a tristeza e a desarmonia não façam de cada alma pouso ou morada permanente.


A constante luta desgasta o homem, enervando-o, fazendo-o sentir dores cada vez maiores, desanimando-o pouco a pouco, minando-lhe as forças. Somente a fé e o estímulo, aliados ao trabalho, poderão fazer com que o homem prossiga, ainda que cansado.

Unidos aos nossos benfeitores espirituais, oremos, diariamente,a Jesus, para que o ânimo seja uma tônica em nossa alma.

Muitas vezes, acompanhamos vocês nas preces escondidas, nas lágrimas roladas, na dor, no sofrimento físico, na dificuldade moral, nas dúvidas, nas emoções, nas inquietações, nos medos, também. E se quantas vezes não lhes dirigimos a palavra na hora de perigo e não os advertimos no começo da queda é porque está chegando o momento do testemunho. Testemunhos que deverão ser dados por vocês, tão somente por vocês, lado a lado com os seus guias espirituais.

O resultado do comportamento de cada um, nessas horas, será levado pelos guias espirituais ao conhecimento de Jesus. Cada espírito protetor dirá a ele como se comportou o seu tutelado no teste. Certamente, algumas fragilidades serão consideradas por Jesus, pois são erros compatíveis com o grau evolutivo de cada ser terrestre.

O Mestre não espera outra coisa de nossa parte senão o procedimento espírita, mesmo quando tudo pareça desfalecer, ruir.

É verdade que ele também convoca o ser humano à dignidade, à luta, aos espinhos da jornada; mas, ao lado das manifestações de dor, observem quantas alegrias o Divino Mestre nos reserva ainda, em nossa trajetória aqui na Terra.

Ele constata em cada um o resultado do estudo, do ensino espírita, do passe beneficente, da palavra educativa, do estímulo através das palestras, ou seja, a corrigenda sincera, singela, silenciosa...

Ah! sim, esse mesmo Jesus acompanha a todos e nos manda dizer, através de seus ensaios, que todos continuem a servir, sem esmorecimentos.

E assim, dia virá em que as alegrias sobrepujarão as dores. Dia virá em que os sorrisos serão maiores que os rancores. Dia virá em que a estabilidade será maior que a inquietação.

E nesses dias, todos olharão para trás e dirão para si mesmos:

Consegui prosseguir!

Que Deus possa abençoar a todos os presentes!



Autor: Hermann
Do livro: Palavras do Coração, vol. 2.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...