sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Lembrando o Mestre

Lembrando o Mestre
Lembrando o Mestre
“Jesus é para o homem o tipo da perfeição moral a que a Humanidade pode aspirar na Terra. Deus no-lo oferece como o mais perfeito modelo e a doutrina que ensinou é a mais pura expressão de sua lei, porque ele era animado pelo espírito divino e o ser mais puro de todos os que apareceram na Terra.” (Allan Kardec, O Livro dos Espíritos, 1. ed. CELD. Comentário da pergunta 625.)




Lembrando o Mestre querido de todos nós, seus exemplos, seus atos, suas palavras, e sua mensagem, que é perene e deve ser analisada todo ano, na ocasião do Natal, tempo em que os corações se sentem mais voltados para a análise de sua presença na Terra, devemos insistir um pouco mais em torno do assunto, aproveitando a ocasião para fixar mais ainda os conceitos em torno do Mestre.

Recordemos Jesus todos os dias, todas as horas, não apenas pela sua mensagem cristã, não apenas pelo seu comportamento diante da vida, não apenas por ele nos servir de modelo; mas, acima de tudo, por representar para nós o elo de ligação mais direta com Deus, o Pai.

Jesus é, pois, para todos os cristãos, e para os espíritas em particular, aquele que representa mais diretamente, na Terra, a figura paterna de Deus.


Assim, ao nos reportarmos a ele, ao vivenciarmos suas experiências, ao pensarmos nos seus atos, nas suas palavras, estaremos dando os passos iniciais para o nosso encontro com a Lei Divina.

Que Deus assim o permita! Que nós assim o entendamos e que a bondade desse mesmo Jesus, que nos faculta tantos aproveitamentos em torno da sua doutrina, nos faculte, também, um dia chegarmos mais próximos da Lei de Deus!

Muita paz, meus irmãos!



Autor: Hermann
Do livro: Palavras do Coração, vol. 2.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...