domingo, 5 de fevereiro de 2017

Evolução e Descanso

Evolução e Descanso
Evolução e Descanso
A vida não cessa.

O espírito imortal inicia a sua caminhada evolutiva contando, inclusive, com a oportunidade de voltar ao seu plano de origem, reabastecendo-se de luzes novas para, logo depois, retomar ao cenário do mundo, prosseguindo em busca de conquistas superiores.

Enganam-se, portanto, aqueles que julgam poder descansar indefinidamente, seja na Terra, que é o mundo que atualmente os agasalha, quer no plano espiritual, onde permanecerão pelo tempo necessário à organização de programas futuros.

Em nível superior, não existe descanso senão o da consciência plena de luz pela atuação permanente no Bem...

Meus irmãos, repensemos o significado da palavra descanso e vigiemos para que ela não nos engane!

Quem morre no corpo continua a luta começada, buscando a luz da Verdade em planos cada vez mais altos.

Quem se determinou voltar à Terra, não o fez para descansar, tendo em vista que a programação reencarnatória inclui o trabalho árduo para o Espírito fadado ao progresso.


Quando, pois, vos sentirdes cansados, examinai qual a origem de vossa fadiga e cuidai de saneá-la!

Por vezes, o cansaço revelado no corpo é apenas efeito de tribulações criadas pela invigilância do Espírito. De outras vezes, é fruto de insatisfações espirituais pressionando o campo das emoções. Em outras ocasiões, a falta de fé, a ausência da coragem para o enfrentamento digno das lutas normais da vida, encontram no cansaço uma preciosa justifi cativa.

Em alguns momentos, igualmente, corpo e espírito se exaurem, porque, se o Espírito comanda, para que algumas metas sejam alcançadas, o corpo se amolenta e resiste, por se encontrar combalido.

Identificai, portanto, a origem de vossa lassidão, o porquê de vossos impulsos de fuga ao cumprimento dos menores deveres sob alegação de cansaço.

Cuidai do corpo, fortalecendo-o, se necessário. Cuidai do Espírito, ligando-o às fontes permanentes de recursos espirituais através da prece, e... continuai trabalhando!

A evolução é semelhante a uma seara exigindo esforço constante.



Autor: Aurélio
Do livro: Evangelho e Vida.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...