quinta-feira, 30 de março de 2017

Os Espíritos Nobres

Os Espíritos Nobres
Os Espíritos Nobres
Fazem-se conhecer os Espíritos Nobres pela linguagem de que se utilizam para expressar os seus pensamentos.

Compatíveis com as alocuções, são eles caracterizados pela dignidade do comportamento em relação às criaturas humanas.

Bondosos, não se imiscuem nos problemas triviais do relacionamento daqueles que os buscam.

Compreensivos, mantêm-se equidistantes das tricas e querelas tão do agrado das mentes em desequilíbrio.

Compassivos, evitam manter atitude de conivência.

Pedagogos, recorrem aos métodos e estilos saudáveis, com ausência da linguagem bajulatória e vulgar que estimula o desenvolvimento do orgulho e da insensatez.

Perseverantes, não se impõem. Igualmente evitam expressões de prepotência com que ressaltem o próprio valor, que jamais colocam no jogo dos intercâmbios.

Os Espíritos Nobres expressam o pensamento de Jesus a quem servem com elevação e seriedade.

Paternais, são austeros. 

Fraternos, manifestam-se coerentes.


Amigos, mantêm o equilíbrio que impõe respeito recíproco, nunca se permitindo a banalidade de expressão nem a valorização de questões de pequena monta.

Fácil identificar-se os Espíritos Superiores, separando-os daqueles que lhes tomam os nomes e, ostentando-os, refletem, não raro, as imperfeições dos instrumentos de que se utilizam, para gerar perturbação, subornar consciências e impor caprichos pueris que não condizem com as aspirações que acalentam. Jesus, convivendo com os homens, desceu até eles, mas não se nivelou com eles. 

Comeu com os pecadores, e nunca se permitiu a conivência com o pecado. 

Participou das lutas humanas, sem comprometer-se com as paixões de grupos ou seitas, de entidades
ou de indivíduos.

À semelhança do perfume bom, sobrepairou inatingido e, qual soberana luz, mesmo quando osculando o charco pestilento, preservou a transparência, a claridade de que se fazia objeto.

Os Espíritos Nobres, seguindo-lhe as pegadas e as diretrizes, fazem o mesmo.



Autor: João Cleófas
Do livro: Suave Luz nas Sombras

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...