sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

A Vinda de Jesus

A Vinda de Jesus
“Eu sou o grande médico das almas, e venho trazer o remédio que deve curar-vos.” (Allan Kardec, O Evangelho Segundo o Espiritismo. Cap. 6, it. 7, CELD.)



Nossos olhos se voltam para a Belém distante onde Jesus nasceu.

Nossos ouvidos ouvem as canções que os anjos cantaram quando ele retornara.

Sentimos no ar a fragrância das vibrações sublimes vindas do céu.

Jesus nasceu! Jesus nasceu!

Cantam todos os anjos. Suspiram todos aqueles que vibram nas faixas da assistência ao homem terreno.

Doutores, sábios, mestres, professores, rejubilam-se, porque, afinal, encontrarão a equação perfeita entre o que ensinam e entre os seus tutelados, os homens terrenos.

Jesus nasceu! Não, mas apenas a sabedoria dele, a sabedoria com amor, deste Mestre, deste Senhor.

Médicos de então, homens dedicados à cura de corpos físicos, orientadores das almas, volvem o seu olhar à Terra e agradecem ao céu. Jesus nasceu!


Novamente seus esforços serão, naturalmente, coroados de êxito. Agora um êxito superior, porque o Médico dos médicos está aí. Professor dos professores. O Mestre dos mestres. O que trará a mensagem adequada e curará os corpos doentes. Ajudará os sãos, levantará os caídos, os cochos, os febricitados. Todos, todos, serão amparados. Jesus nasceu! Jesus nasceu!

Mas o homem sofreu, e um dia esses mesmos homens que se rejubilaram com o retorno do Mestre enevoaram seus olhos de lágrimas. Jesus morrera...

Ah! Saudade do tempo em que ele nasceu.

Ah! Saudade do tempo em que ele era simples criança.

Ah! Saudade do tempo em que ele olhava com o olhar terno e infantil.

Agora, a criança tornou-se adulto, os olhos são tristes, angustiados talvez.

Rejubilam-se almas de eleição, mais altas do que eles, aquelas almas que aguardam o retorno de Jesus. Aquelas almas que sentem prazer por sua volta. Cumprido está o seu mandato. Jesus morrera...

Onde a equação perfeita entre a dor e a resposta?

Onde a solução perfeita entre a doença e o médico?

Onde a simplicidade com a sabedoria?

Os homens da Terra choram, choram e choram.

Mas Jesus, compreendendo que necessitava retornar do plano superior de onde veio e sentindo que precisava manter com o homem terreno uma ligação, deixou no coração dos homens sua mensagem. Sim, Jesus não morreu.

Aqueles que lhe atenderem ao apelo, ouvirão, sentirão sua presença através da mensagem escrita.

Os homens lembrarão dele, verão seus exemplos, sentirão suas palavras, beberão seus ensinamentos. Sim, Jesus está vivo. Jesus não morreu.

Não morrerá jamais!

Amigos, irmãos, membros dessa abençoada Casa que reflete os ensinamentos de Kardec. Membros dessa abençoada comunidade que caminha em direção a Deus. Nós desta equipe que os visita, recomendamos, Jesus não morreu. Avisamos, Jesus está vivo. Complementamos, Jesus está ao lado de vocês.

Caminhem vitoriosos.

Pacifiquem onde andar.

Trabalhem com amor.

Instruam com entendimento.

Tenham paciência, ajudem-se.

Jesus, que ele não morra, também, na terra do coração de todos, para que esta terra frutifique a planta que foi plantada.

Que Deus, que Jesus nos ajudem agora e sempre.

Que Deus fique com todos!


Autora: Irmã Anália Franco.
Do livro: Focos de Luz.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...