segunda-feira, 21 de maio de 2018

O Espiritismo e as Forças Radiantes

O Espiritismo e as Forças Radiantes
O Espiritismo e as Forças Radiantes
À medida que o homem vence as rampas difíceis que conduzem para os cumes da ciência e do conhecimento, ele vê a majestade do Cosmo, e o esplendor de suas leis lhe aparece sob aspectos cada vez mais imponentes. Ele chega a compreender que o espírito domina e rege o mundo, que a Natureza é sua escrava. As forças são apenas os agentes que servem para realizar os seus vastos planos e atingir o objetivo visado.

Ele compreende que a sua alma é somente um reflexo da Inteligência Suprema que governa o Universo e que, a seu exemplo, ele pode comandar a matéria, as forças radiantes e, ele mesmo, evoluindo, trabalhar para fazer progredir, para espiritualizar tudo o que o cerca, para elevar seres e coisas em direção a estados sempre mais perfeitos.

Então, não é mais nas coisas exteriores, passageiras e incertas que coloca o seu objetivo essencial, a finalidade de sua vida. Ele se dedica em acionar, por um desenvolvimento constante de suas faculdades e de suas qualidades morais, as potências e os recursos que adormecem no âmago do seu ser.


As instituições políticas e sociais, as formas dos governos e das sociedades permanecerão vazias por muito tempo, enquanto o homem não se aperfeiçoar. Isso não está fora de nós, mas é dentro de nós que reside o segredo da felicidade. Como diz a sabedoria antiga: “Você saberá que os males que devoram os homens são frutos de sua escolha e que esses infelizes procuram, longe deles, os bens dos quais possuem a fonte”.

Estudemos, pois, com persistência, as leis do Universo e as forças prodigiosas que encerra; é penetrando o segredo dessas leis e compreendendo o controle dessas forças que o homem pode entrar na grande comunhão universal, cujo princípio está em Deus e fora da qual não há felicidade.



Autor: Léon Denis
Do livro: O Espiritismo e as Forças Radiantes

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...