quinta-feira, 6 de março de 2014

A ideia de Deus

A ideia de Deus
A ideia de Deus
“(...) O progresso do homem, o dos animais, seus auxiliares, o dos vegetais e o da habitação, (...) nada é estacionário na Natureza. Quanto essa ideia é grande e digna da majestade do Criador! E quanto, ao contrário, é pequena e indigna do seu poder a ideia que concentra sua solicitude e sua providência sobre o imperceptível grão de areia que é a Terra, e restringe a Humanidade a alguns homens que a habitam!” (ALLAN KARDEC, O Evangelho Segundo o Espiritismo, 2. ed. CELD, 2003. Cap. 3, item 19.)


Deus ajude e abençoe a todos nós, nas múltiplas oportunidades que temos de agir em torno da elevação espiritual. A crença absoluta em Deus, a crença no ser que, acima de tudo, há de nos conduzir, mercê de sua bondade, compreensão e tolerância, nos dará força para a aquisição de valores que nos ajudarão a enfrentar os problemas e superar as dificuldades.

Hoje, quando os homens da Terra se deixam levar pelo materialismo, isolados das verdades espirituais, priorizando a posse do dinheiro, com seu egoísmo disfarçado; quando vemos as criaturas domarem os seus sentimentos e deixarem à solta a intolerância, nos seus variados aspectos, sentimos, de modo crescente, o quanto é importante infundirmos em nós a ideia de Deus. Pois que somente Deus será capaz de inspirar o respeito do homem pelo homem; somente Deus será capaz de ensinar a convivência pacífica, sem
subjugação; somente a ideia de Deus fará com que o homem multiplique os seus recursos, não para dominar o mundo, mas para fazer com que a sociedade avance em moralidade e em equilíbrio; somente a ideia de Deus fará com que o homem aja de modo a criar condições para que todos sejam felizes; somente a ideia de Deus dará ao homem um sentimento profundo de religiosidade.

Para que a ideia de Deus cresça em nós, é preciso que, todos sintamos a Deus, multipliquemos a comprovação da sua existência e façamos com que ele esteja presente em todos os atos da vida, não apenas na difusão, mas na demonstração de um Deus vivo em torno de todos nós.

A Doutrina Espírita nos favorece esse entendimento, comprovando as suas teses. Que, de nossa parte, saibamos não só falar de Deus, mas comprovar sua existência em nós.

Despedimo-nos de todos, desejando-lhes paz e equilíbrio e que cada um, dentro do âmbito de suas ações, demonstre que Deus está presente em todos os momentos da vida.


Autor: Hermann
Do Livro: Palavras do Coração, volume 1, lição 24.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...